A Seleção Brasileira segue sua preparação para a Copa América, na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. Nesta terça-feira (28), o técnico Tite promoveu um treino coletivo que contou, além dos jogadores convocados, com alguns garotos de categorias de base para completar os times.

Em dado momento, o jogador da base do Cruzeiro, Weverton Guilherme, de 19 anos, decidiu ousar e aplicou um driblem conhecido como “rolinho” em Neymar.

Publicidade
Publicidade

O jogador do Paris Saint-Germain não ficou nada satisfeito e acabou derrubando o garoto. Após o fato, a comissão técnica entendeu que era por bem trocar o cruzeirense de time e colocá-lo junto com Neymar para assim evitar qualquer tipo de confronto.

Zé Elias faz duas críticas a Tite

A atitude do treinador da seleção brasileira não foi bem aceita por comentaristas do canal esportivo ESPN Brasil, que criticaram tanto a atitude do camisa 10 da seleção como também do treinador.

Publicidade

“Mais uma vez mostra a incapacidade do Tite em controlar o Neymar”, disse o ex-jogador e comentarista Zé Elias. “Ao invés dele repreender o jogador e dar exemplo, pelo contrário, ele pune o menino do sub 20. Quantas e quantas vezes nós vimos o Neymar fazer gracinha nos jogos. Isso mostra cada vez mais que Tite continua refém do Neymar”, seguiu. “Se um jogador profissional da seleção dá uma pancada no Neymar, quem vai sair?”, questiona. “E o menino usou como recurso e não como palhaçada”, diz.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Neymar Seleção Brasileira

Neymar deixa o treino com dores no joelho

Depois de toda essa polêmica envolvendo o jogador do sub 20 do Cruzeiro, Neymar deixou os treinamentos com fortes dores no joelho esquerdo. O problema aparece após o jogador ter tido um chute travado por Thiago Silva. Após isso ele saiu de campo mancando e sentou-se atrás de uma barreira móvel.

Ele foi submetido a exames de imagem que descartaram qualquer tipo de lesão grave. Nesta quarta-feira (29), está programado um novo treino para às 16h e a presença do atleta ainda não está confirmada, por conta ainda das dores.

Faixa de capitão

Outra polêmica envolvendo Neymar após se juntar à seleção seria sobre quem seria o capitão do time. Tite vinha sendo muito pressionado a tirar a braçadeira do jogador do PSG após ele agredir um torcedor na França. O treinador decidiu dar a braçadeira para o lateral Daniel Alves, também do PSG.

Comentarista da Rede Globo, Casagrande é cético ao achar que a perda da braçadeira irá mudar o comportamento de Neymar.

Publicidade

“Não podia ser capitão. Só não sei se o resultado via ser o esperado”, questiona o ex-jogador. “Tirar por punição por comportamento, não sei se vai mudar alguma coisa”, falou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo