Após ter ficado em quinto ligar no último Campeonato Italiano e conseguido a vaga dentro de campo, o Milan está fora da próxima edição da Liga Europa. Na manhã desta sexta-feira (28), o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) confirmou que o time rossonero está excluindo da segunda mais importante competição de clubes do continente por conta de irregularidades no Fair Play financeiro.

De acordo com a entidade, o clube italiano infringiu o regulamento no triênio compreendido entre os anos de 2015 e 2017 e também não cumpriu obrigações entre os anos de 2016 e 2018. Com a punição do time de Milão, a Roma, sexta colocada no Cálcio, herdará a vaga na fase de grupos e o Torino, por sua vez, ganhará o direito de disputar uma fase prévia.

Assim, não será desta vez que brasileiro Lucas Paquetá terá a oportunidade de jogar sua primeira competição europeia.

O time já deveria ter cumprido essa punição na edição passada, porém recorreu e recuperou o direito de disputar o torneio, porém não foi muito longe, sendo eliminado ainda na fase de grupos.

A primeira fase eliminatória da Liga Europa começou nesta quinta-feira (27), com sete partidas. A fase de grupos, a qual o Milan perdeu o direito de jogar será disputada em setembro.

Time tem novo treinador

A notícia sobre a exclusão na Liga Europa se dá poucos dias após o time ter anunciado a contratação do técnico Marco Giampaolo, que dirigiu a Sampdoria na última temporada. Ele assinou acordo válido até junho de 2021 com a opção de ser renovado por mais uma temporada e chega para ocupar o lugar de Gennaro Gattuso, demitido após não conseguir levar o time até a Champions League.

Ainda buscando seu primeiro título, o novo treinador iniciou a carreira em 2004 dirigindo o Ascoli. Depois passou por vários clubes de médio porte até chegar na Sampdoria em 2016. Na temporada passada ele conseguiu levar o time a nona posição, longe da briga por vaga nas competições europeias, mas também sem ser ameaçado pelo rebaixamento. Ele será o oitavo treinador rossonero nos últimos cinco anos.

PSG quer o goleiro Donnarumma

Em busca do cobiçado título da Champions League, o Paris Saint-Germain estão de olho no jovem, mas experiente, goleiro Gianluigi Donnarumma, de 20 anos, e a exclusão do Milan da Liga Europa pode facilitar o negócio.

O time francês busca um jogador para a posição após o também italiano Gianluigi Buffon. Mas para conseguir tirar o goleiro do futebol italiano os franceses terão que desembolsar um bom dinheiro, uma vez que o jogador está avaliado em 50 milhões de euros, cerca de 218 milhões de reais.

Para tentar abater parte das cifras, o time de Paris pode envolver Aréola na negociação.

Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!