Já são dois anos no Paris Saint-Germain sem grandes resultados e um período recente de turbulência em sua vida pessoal, quando foi acusado de estupro e violência sexual pela modelo Najila. Agora, após aparecer nos noticiários policiais, o jogador Neymar volta a ser o centro das atenções na imprensa esportiva por causa das supostas negociações de sua volta ao Barcelona.

Segundo o site Globo Esporte, a equipe da Catalunha está conversando com o estafe do jogador para um possível retorno.

De acordo com a publicação, a negociação está bem encaminhada e a volta de Neymar ao Barcelona pode acontecer quando abrir a próxima janela de transferências, em julho.

O formato da negociação ainda está em discussão, mas o Barcelona deverá pagar aproximadamente 100 milhões de Euros ao PSG, além de ceder alguns jogadores como Umtiti, Dembélé e Rakitic. O presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, assumiu o controle da negociação e nunca escondeu que mesmo com Neymar tendo saído brigado do Barcelona, em 2017, ele ainda sonha em ver seu antigo camisa 11 de volta ao clube.

Em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (17), o porta-voz do Barcelona, Josep Vives, desconversou quando foi perguntado sobre a volta de Neymar ao Barcelona. Apenas se limitou a dizer que nunca descarta as possibilidades e não falará do craque e nem de ninguém. “Não falo de operações, seria prejudicar o clube”, disse o porta-voz.

Contrato de Neymar com o PSG vence em 2022

O contrato de Neymar com o PSG termina em meados de 2022.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Televisão

Ao contrário do que aconteceu em 2017, quando a equipe francesa pagou a multa rescisória de 222 milhões de Euros para levá-lo embora do clube espanhol, agora não há multa rescisória.

Nos bastidores o PSG admite a disposição de negociar o passe de Neymar, como foi adiantado pelo jornal francês "L'Equipe", caso a proposta seja interessante. Segundo o presidente Nasser Al Khelaifi em entrevista à revista "France Football", o clube não vai mais admitir comportamento de celebridades no PSG.

Quando questionado sobre o craque brasileiro, ele disse que quer jogadores comprometidos a dar seu melhor para defender a camisa e se envolver com o projeto do clube. “Ninguém obrigou a assinar conosco. Ninguém o forçou”, disse Al Khelaifi se referindo ao comportamento de Neymar, acrescentando que ele chegou consciente para participar de um projeto do clube.

Caso regresse à sua antiga casa, a recepção ao ex-jogador do Santos e uma das estrelas da Seleção Brasileira, será de festa, porque todo o elenco do Barcelona deseja a volta de Neymar.

Ele é amigo próximo de boa parte dos jogadores, em especial Suárez, Messi e Piqué. Além dos amigos, grande parte dos torcedores do Barça também esperam pela volta do craque.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo