Thiago Neves não escondeu ter ficado insatisfeito com as mudanças de Rogério Ceni na escalação do Cruzeiro em plena semifinal da Copa Brasil. A declaração foi feita pelo jogador no final do jogo desta quarta-feira (4), depois que o Cruzeiro foi desclassificado da Copa do Brasil após perder de 3 a 0 para o Internacional, ou seja, 4 a 0 no placar agregado.

Segundo o jogador, realizar três ou quatro mudanças em uma semifinal é muita coisa.

Ele também ressaltou que a equipe conseguiu com fazer um bom trabalho durante o primeiro tempo. Porém, o primeiro gol do time adversário teria caído como um balde de água fria para os jogadores celestes.

Mudanças de Rogério Ceni

Para o jogo de semifinal, Rogério se mostrou ousado ao realizar mudanças que não eram esperadas pelos torcedores celestes. Primeiro, Rogério optou por substituir Edilson, que permaneceu no banco de reservas, por Jadson.

Além disso, Ceni promoveu a entrada de Dodô, deixando assim Egídio no banco. O técnico não deixa mais que Robinho jogue aberto; desta forma, o jogador foi deslocado para a função de volante, onde permaneceu ao lado de Henrique.

Não foram somente essas as mudanças realizadas pelo treinador. Ceni realizou também mudanças no ataque no time, optando por não manter a equipe celeste com um centroavante fixo. Assim, Fred fez companhia para Edilson. David e Pedro Rocha ficaram responsáveis pelas pontas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Cruzeiro

Durante o jogo, Rogério surpreende de novo

Depois que Dedé começou a se queixar de dores no tornozelo, o técnico celeste voltou a surpreender a todos com sua posição.

Desta vez, com dores, Dedé não voltou para o segundo tempo, por consequência, Ceni falou com Leo, que, inclusive, chegou a tirar o colete de reserva e se preparar para entrar em campo. Contudo, lá veio mais uma das surpresas de Ceni, quem realmente substituiu Dedé foi Ariel Cabral.

Com a entrada de Cabral, o time sofreu mais uma alteração em sua formação, já que Henrique teve que ser recuado, para assim formar a zaga junto de Fabrício Bruno.

'Achei muito em cima da hora', diz Thiago

Após a partida, Thiago Neves revelou que foi na preleção, realizada há apenas algumas horas antes do jogo, que Ceni informou aos jogadores sobre as alterações. “Eu achei muito em cima da hora”, disse o jogador, que ressaltou dizendo que improvisar após uma linha formada há dois anos é muita coisa para uma decisão.

Durante seu pronunciamento, Thiago destaca que não tem nada contra as decisões do técnico, e ainda afirma que é óbvio que queriam ganhar.

Com a desclassificação da Copa do Brasil, Thiago Neves diz que agora só resta ter foco no Brasileirão, já que essa é a única competição que resta para a equipe celeste nesta temporada. “Agora é foco total no Brasileirão”, declarou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo