O Figueirense está prestes a escrever o último e mais doloroso capítulo de sua crise institucional que se instalou no clube após a fracassada parceria com a empresa Elephant, firmada em 2017. De acordo com notícia publicada pelo portal Globo Esporte, o time catarinense irá abandonar a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro [VIDEO].

O comunicado, onde informava oficialmente à CBF sua decisão de se retirar da competição, foi enviado no final de semana por Cláudio Honigman, presidente da empresa que administra o clube. No entanto, a entidade que rege o Futebol brasileiro ainda analisa a validade deste comunicado, uma vez que o Conselho Deliberativo do Clube divulgou, na última quinta-feira (19), que o acordo entre o Figueirense e a Elephant havia sido desfeito.

A CBF irá enviar o documento para apreciação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Caso o documento seja considerado válido pelo Tribunal, o time catarinense estará sujeito a penas como suspensão automática do clube de todas as competições organizadas pela CBF, tanto na esfera profissional quanto nas categorias de base. Após a suspensão, o time teria retornaria às competições nacionais pela Série D.

Diretoria nega pedido e confirma jogo

A diretoria do Figueirense emitiu uma nota oficial informando que não foi notificada pela CBF sobre tal pedido de desistência do clube e segui jogando a Série B do Campeonato Brasileiro. A nota informa ainda que nas próximas horas o clube estaria enviando toda a documentação necessária para a Confederação para desmentir a intenção de abandonar a competição.

“O clube comunica ainda que nunca cogitou a desfiliação ou o abandono do Campeonato”, dizia um trecho da nota, que informou ainda que o clube está analisando juridicamente o caso e também tranquiliza os torcedores, afirmando que o jogo marcado para a noite desta quarta-feira (24) está confirmado.

Com apenas quatro vitórias, o Figueirense é o lanterna do campeonato, com 23 pontos ganhos.

Caso surpreenda o Bragantino, o time poderá sair da zona de rebaixamento, dependendo dos demais resultados da noite.

O que acontece se o Figueira desistir

Segundo informa o regulamento da competição, caso um time abandone um campeonato de pontos corridos, como é o caso da Série B do Brasileiro, todos os resultados obtidos pelo clube até então ficariam sem efeito.

Ou seja, é como se o torneio estivesse sendo disputado por 19 clubes e não 20.

Quanto à punição, segundo o artigo 61 do regulamento, a equipe que abandonar a competição em andamento ficará dois anos sem poder participar de qualquer campeonato organizado pela Confederação Brasileira de Futebol.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!