O Flamengo volta à carga para contratações de impacto, pensando já na próxima janela de transferências. O Rubro-Negro lidera o Campeonato Brasileiro, está na semifinal da Copa Libertadores da América, mas já começa o planejamento para o próximo ano. E um velho conhecido da torcida pode acabar desembarcando na Gávea.

Trata-se do zagueiro Dedé, que ficou próximo de assinar com o Rubro-Negro no início do ano, mas acabou tendo as tratativas encerradas pela equipe da Toca da Raposa, em razão de ser um dos principais jogadores do time mineiro. A diretoria do Flamengo, no entanto, parece não ter desistido, e, ao que tudo indica, voltará à carga pelo experiente zagueiro.

As informações são do jornalista Jorge Nicola, do Yahoo Esportes.

Flamengo mira Dedé

Apesar de ter uma zaga sólida, o Flamengo não desiste de melhorar ainda mais um elenco que já é forte. Tanto é que notícias vinculadas na Itália davam conta do interesse Rubro-Negro pelo meio-campista Marchisio, multicampeão pela Juventus. O jogador está atualmente sem clube, e, por não ter contrato, a janela de transferências não afeta sua situação.

A equipe do Flamengo, entretanto, parece se concentrar num desejo antigo. O zagueiro Dedé já é um sonho de 2019 da diretoria e da torcida flamenguista. O jogador chegaria à Gávea para disputar vaga no time titular ao lado de Rodrigo Caio, atualmente incontestável na zaga, mas que vê o companheiro espanhol, Pablo Marí, mostrando boas atuações nos últimos jogos, e apresentando singela evolução.

Dedé é o grande alvo da diretoria para 2020. O Flamengo chegou a apresentar uma proposta formal para contar com o zagueiro, na casa dos R$ 35 milhões, com salários que poderiam alcançar R$ 1 milhão ao mês. Na oportunidade, o diretor de Futebol do Cruzeiro, Itair Machado, rechaçou a oferta.

Segundo Nicola, o responsável por cuidar do "Caso Dedé" é Bruno Spindel, membro da diretoria do Flamengo.

Entretanto, diferente do ano passado, o Flamengo tem duas cartas na manga para levar de vez o zagueiro da Toca da Raposa, com direito a passagem só de ida para o Rio de Janeiro.

O Cruzeiro está afundado em uma crise financeira complicada, e o desempenho dentro de campo tem sido um reflexo disso. Com problemas, a Raposa facilitaria a saída do zagueiro, uma vez que precisará enxugar a folha salarial para a próxima temporada, a fim de conter gastos.

Outro ponto seria o fundo de investimento que administra a carreira do zagueiro Dedé. O grupo de empresários responsáveis por comprar o zagueiro por R$ 15 milhões junto ao Vasco desejam reaver o investimento feito, e uma proposta do Flamengo poderia facilmente cobrir os gastos que os empresários acabaram acumulando ao longo dos anos junto à Toca da Raposa.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Flamengo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!