Local do compromisso de domingo, às 16h (de Brasília), diante do Corinthians, válido pela 19ª rodada, a última do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Mané Garrincha não traz boas recordações para o Fluminense. Ao longo da história, a agremiação das Laranjeiras atuou no estádio do Distrito Federal em 19 ocasiões e venceu apenas três. Nos outros jogos, foram oito empates e oito derrotas.

Como alento aos tricolores, a última vítima da agremiação carioca na capital federal foi justamente o Alvinegro de Parque São Jorge.

No dia 16 de junho de 2016, também por uma rodada do Brasileirão, o Fluminense, assim como fará no domingo, exerceu o seu mando de campo no Mané Garrincha contra o Corinthians, que seria dirigido pelo então interino Fábio Carille, substituindo Tite, anunciado, dias antes, como técnico da seleção brasileira. Um gol de Cícero, em rebote de Cássio após pênalti batido pelo próprio meia, assegurou o resultado positivo a equipe verde, branco e grená.

Daquela equipe titular, nenhum atleta está no Fluminense. O Tricolor foi a campo com Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Douglas, Edson, Cícero e Gustavo Scarpa (Osvaldo); Marcos Júnior (Maranhão) e Richarlison (Magno Alves). O técnico era Levir Culpi, que também não está mais nas Laranjeiras. Do lado do Timão, apenas Fágner e Cássio permaneceram. Havia também um ex-corintiano, hoje no Flu, em campo: o meia-atacante Guilherme.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Para jogar em Brasília, o Fluminense vendeu o mando de campo por R$ 800 mil, situação ocorrida logo após a posse do seu novo presidente, Mário Bittencourt. O dinheiro já foi recebido e utilizado para pagar salários atrasados. O clube ainda receberá um percentual da venda de ingressos.

Flu terá dois volantes contra o Corinthians

Ao que parece, o técnico Oswaldo de Oliveira, apesar de ainda não ter confirmado oficialmente, já definiu qual será o Fluminense para o clássico regional.

Segundo o portal Lance publicou no final da noite de sexta-feira, devido às ausências de Aírton e Wellington Nem, ambos suspensos por terem recebido, na derrota de 3 a 0 para o Palmeiras na última terça, em São Paulo, o comandante optou por escalar o Tricolor com dois volantes.

Sendo assim, Yuri ganharia uma oportunidade entre os titulares ao lado de Allan, que se recuperou de dores no pé direito, e Nenê passaria a atuar mais adiantado, encostando na dupa de atacantes, Yony Gonzalez e João Pedro.

Com isso, a tendência é que o Fluminense, precisando vencer para se afastar da zona de rebaixamento (no momento, somando 15 pontos, ocupa o 17º lugar, abrindo o Z-4), entre em campo tendo Muriel; Gilberto, Digao, Nino e Caio Henrique; Yuri, Allan e Ganso; Nenê, João Pedro e Yony. A definição só acontecerá após o treino da manhã deste sábado no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Na sequência, a delegação segue para o Aeroporto Internacional Tom Jobim de onde, no início da tarde, embarca para Brasília.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo