Grêmio e Flamengo protagonizaram uma partida de tirar o fôlego dos torcedores. As duas equipes mostraram toda a qualidade, bem como colocaram à prova a disputa acirrada sobre quem tem o melhor Futebol do país. No confronto de 180 minutos, os primeiros 90 provaram que as duas equipes estão ali, bastante próximas, de uma futebol digno de primeiro escalão mundial.

Com a Arena do Grêmio lotada, a equipe Tricolor recebeu o Rubro-Negro esperando fazer uma vantagem para o confronto de volta, no Maracanã, que ocorre no dia 23 deste mês de outubro. Embora o empate de poucos gols, além das poucas chances, as duas equipes mostraram qualidade e protagonizaram um confronto acirrado.

Primeiro tempo de domínio Rubro-Negro

No primeiro tempo o domínio foi completo do Flamengo, que desde os primeiros minutos tomou conta das ações. Com a equipe trocando passes constantes, a posse de bola chegou a ser anunciada como 80% para o Flamengo, e apenas 20% para o Grêmio. Na roda, o Tricolor pouco teve o que fazer.

Com dois gols anulados pelo VAR, a equipe do Flamengo não desistiu de apertar o Tricolor, e chegou, inclusive, a duas boas chances de marcar.

Uma delas, em especial, foi com Bruno Henrique, que em uma retomada de bola, conseguiu mandar um chute de fora da área que assustou o goleiro Paulo Victor.

Em outra chance, Gabigol recebeu uma boa bola de Gérson, que aproveitou o vacilo do goleiro Paulo Victor na reposição. A bola, no entanto, passou à esquerda da meta do goleiro tricolor.

Segundo tempo com nova postura Tricolor

Parecendo cansada, a equipe do Flamengo abriu mais seu jogo, e permitiu o Grêmio crescer.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Televisão

Os primeiros quinze minutos, inclusive, foram de intensa pressão dos gaúchos, que abafaram a saída de bola, colocaram-na no chão e tiveram duas boas oportunidades para marcar o primeiro gol do jogo, com Éverton Cebolinho em arremate de dentro da área, e com chute de fora da área de Matheus Henrique, que contaram com as defesas do goleiro Diego Alves.

Foi o Flamengo, no entanto, que abriu o placar.

Em boa trama de ataque, a troca de passes alcançou Rafinha, na ponta direita, que rapidamente lançou a bola na área, que achou Bruno Henrique, por trás de Galhardo, e abriu o placar do confronto na Arena do Grêmio.

Os gaúchos não se abalaram com o gol, e foram para cima do Flamengo, que acuou e esperou pelas bolas que sobravam para puxar o contra-ataque. Foi em um contra-ataque, porém, que o Grêmio achou seu gol.

Cortez encontrou Luan na frente, que disparou, achou Maicon no meio, que abriu com Cebolinha, que, após disparar um foguete no meio da área, encontrou Pepê, que jogou para o fundo das redes.

O 1 a 1 estava sacramentado, deixando o confronto em aberto para o dia 23 de outubro, quando o Flamengo recebe o Grêmio no Maracanã pela partida de volta.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo