Todo o apelo feito pelos torcedores, diretoria e jogadores pela permanência de Rogério Ceni no comando do tricolor cearense não é para menos. O ex-goleiro tricolor paulista saiu de São Paulo para construir uma carreira incontestável no tricolor cearense, conquistando acesso, títulos e classificação para a primeira competição internacional do Leão.

Técnico promissor no futebol brasileiro

Apesar de hoje estar sendo cotado como um dos melhores técnicos do Futebol brasileiro, Rogério Ceni teve um início conturbado no São Paulo FC, seu time do coração no qual jogou toda a sua carreira.

Em sua primeira experiência como treinador, Ceni não conseguiu organizar o tricolor paulista e acabou sendo demitido do clube. Foi depois dessa conturbada experiência que Ceni assumiu o Fortaleza.

Desde que assumiu o clube, em 2017, o Fortaleza tem construído uma sequência de conquistas incontestáveis no futebol brasileiro. Com ele no comando, o Leão conquistou o acesso e o título da Série B, com uma bela atuação de 20 vitórias, 8 derrotas e 8 empates em 36 jogos disputados.

Depois disso, o tricolor cearense engatou uma sequência de conquistas que o colocaram na elite do futebol brasileiro.

Em 2019, o tricolor da capital conquistou o Cearense e Copa do Nordeste, além de terminar o campeonato brasileiro em 9º lugar com 53 pontos. A posição é a melhor que um clube cearense já conquistou na história do Brasileirão, ganhando de brinde sua primeira participação em uma competição internacional: a copa sul-americana de 2020.

Também teve uma curta passagem pelo Cruzeiro, mas acabou não tendo o mesmo rendimento que teve no tricolor e acabou sendo demitido.

Sem contrato, acabou retornando para o Leão e, com isso, conduziu a permanência do Fortaleza na elite do futebol brasileiro e o classificou para a sul-americana.

Ceni optou por ficar no tricolor cearense

Em meio as conquistas do treinador pelo clube cearense, Rogério Ceni começou a ser sondado por grandes clubes do futebol brasileiro. Além do Athletico, o treinador também era analisado pelo Santos, de acordo com informações do Globo Esporte.

No entanto, o grande interessado era o Furacão, que aguardava a decisão de Ceni para acertar com o ex-goleiro.

No entanto, após grande apelo da torcida, da diretoria e dos jogadores, Ceni acabou optando pelo Leão e continuará até o final de 2020, como anunciou o perfil oficial do clube no Twitter.

Com a decisão de permanecer, Ceni terá pela frente cinco competições comandando o Leão em 2020: Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

Não perca a nossa página no Facebook!