Abdelhak Nouri, de apenas 22 anos, jogador do Ajax, ficou por quase três anos em coma, mas felizmente ele acordou. Ele estava em tratamento de uma arritmia cardíaca depois de passar mal em campo.

Segundo informações, ele ainda não consegue se comunicar, mas em alguns dias já será possível que ele fale. Ainda de acordo com informações do site Esporte Interativo, o atleta ouve tudo que é dito, tanto que ele responde movendo as sobrancelhas.

O jogador do Ajax já come, espirra, arrota, assiste televisão e até sorri. Abdelhak Nouri está sendo cuidado pela família e por médicos em sua residência, os pais do atleta decidiram o levar para casa a alguns meses.

O pai do jogador ainda tem a esperança de que ele irá se recuperar totalmente.

Jogador da NBA faz apelo depois de a mãe entrar em coma

Enquanto as notícias são boas para uns, são ruins para outros. A mãe do jogador Karl-Anthony Towns que defende o Minessota Timberwolves na NBA, fez um apelo depois de sua mãe contrair o coronavírus e entrar em coma em decorrência da doença.

Karl usou sua conta no Instagram para fazer um apelo as pessoas que o seguem, ele desabafou e disse que sua mãe estava em coma depois de contrair a COVID-19.

O jogador da NBA disse que o coronavírus é real e não pode ser tratado de maneira leve. Ele pediu que as pessoas se protejam, protejam a família e os amigos.

A preocupação do astro da NBA com o coronavírus não vem de agora, ele já se mostra preocupado com a doença desde antes da mãe dele entrar em coma.

Segundo informações os pais de Karl-Anthony não estavam se sentindo bem e tiveram de ir ao hospital.

Depois de passarem pela avaliação médica o pai do atleta foi liberado para se tratar em casa, mas a mãe dele teve uma piora no quadro geral de saúde e teve de ser colocada em coma induzido e está submetida a ventilação mecânica.

Ainda em seu apelo no Instagram o jogador da NBA disse que eles vão seguir lutando pela mãe dele e que vão vencer. Karl-Anthony descreve a mãe como sendo a mulher mais forte que ele já conheceu, ele ainda disse que tem certeza que ela vai vencer o coronavírus e que eles vão se reencontrar assim que ela conseguir vencer.

Estados Unidos tem 80.000 casos de coronavírus

Nos Estados Unidos a COVID-19 já matou mais de 700 pessoas, já são mais de 80 mil infectados pela doença. São tantos casos que já ultrapassam os números da China, onde a pandemia teve início.

Nos EUA a explosão da pandemia já começou os números mostrados aqui não são dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), mas sim do monitoramento em tempo real feito por sites americanos.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página ESports
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!