Campeão da Copa do Brasil em 2004, o Santo André já vislumbra mais um grande título em sua galeria. A equipe do ABC possui a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista, interrompido a duas rodadas do fim da fase de grupos como medida para combater o avanço do coronavírus.

Já trabalhando com a possibilidade de a competição ser encerrada antes da fase final, a diretoria do Ramalhão já estuda pleitear junto à Federação Paulista o título de campeão estadual de 2020, caso a bola não volte mesmo a rolar.

As intenções do clube andreense foram reveladas pelo diretor Edgar Montemor em entrevista concedida à Rádio 105FM.

Apesar de vislumbrar vencer o estadual, o diretor fez questão de deixar claro que é favorável que o torneio volte a ser disputado até seu final, com seu campeão e rebaixados sendo definidos dentro das quatro linhas. “Se por algum motivo não der pra voltar o campeonato (Paulista), o mais justo é o Santo André ser campeão”, disse o dirigente.

O Santo André soma os mesmos 19 pontos que o Palmeiras, mas leva vantagem sobre o Verdão nos critérios de desempate.

Contratos vencendo

Alguns clubes do interior ou não terão competições no segundo semestre ou participação de torneios que não permitem grandes investimentos. Dessa forma, mitos contratos com jogadores e técnicos foram firmando até o final e abril, que era quando estava previsto o encerramento do estadual, como é o caso do Santo André, que tem 21 acordos, entre membros da comissão técnica e atletas, nesta situação.

Com a paralisação do campeonato e sem uma data certa para seu retorno, fica-se difícil imaginar como cada time chegará até o final da competição, se é que ela terá um fim. Montemor disse que é inviável que o clube renove o acordo com todo o elenco.

Atendendo ao pedido da Secretaria Estadual de Saúde e da Federação Paulista, o Santo André, assim como os demais clubes, está suspendendo os treinamentos e mandando seus atletas ficarem em casa e se prevenirem contra o coronavírus.

Ele disse ainda que o Santo André não teria time, assim como outros clubes, para seguir jogando se o campeonato voltar apenas no segundo semestre.

Todas as divisões suspensas

A Federação Paulista se reuniu nesta segunda-feira (16) com os dirigentes dos 48 clubes que disputam as três divisões do campeonato estadual que estavam em andamento e foi definido que todas elas estão suspensas por tempo indeterminado.

Já a Segunda Divisão –equivalente ao quarto nível estadual–, bem como as competições femininas e de categorias de base que ainda não haviam começado, também estão suspensas. A FPF também recomendou que todos os clubes suspendam suas atividades.

Não perca a nossa página no Facebook!