Com uma passagem relâmpago, chega ao fim os dias de Caio Henrique com a camisa do Grêmio. Depois de uma longa negociação, que exigiu inúmeros trâmites, trocas de documentos, atrasos, trabalho extra e muito quebra-cabeça para acertar a vinda do lateral, Caio Henrique se despediu do Grêmio para retornar à Espanha.

A solicitação veio do técnico Diego Simeone, que já desejava o retorno de Caio Henrique no início do ano para disputar posição com Renan Lodi, atual titular da posição no Atlético de Madrid, equipe que tem os direitos sobre o brasileiro ex-Grêmio.

O contrato de empréstimo já previa uma solicitação do Atlético para o retorno do atleta após qualquer momento.

O Grêmio, para acertar a chegada do atleta, aceitou a proposição, mas agora, após apenas cinco jogos vestindo a camisa tricolor, Caio Henrique se despede do sul do país rumo à Europa.

Economia de R$ 4,5 milhões para o Grêmio

Se por um lado a saída de Caio Henrique do Grêmio é uma lástima pela perda técnica no lado esquerdo de defesa do tricolor, por outra é um alívio para os cofres tricolores em meio à pandemia do novo coronavírus, que afetou até o mais financeiramente estabilizado do Futebol brasileiro.

Segundo informações, o Grêmio deixará de pagar o valor de 300 mil euros pelo empréstimo de Caio Henrique no segundo semestre. Com a cotação atual, o valor alcança cerca de R$ 2 milhões, além da economia com os vencimentos de jogador e staff, alcançando a casa dos R$ 4,5 milhões no período de 6 meses.

Caio Henrique lamenta curta passagem

Em entrevista ao site oficial do clube, ao ter sua saída anunciada, Caio Henrique mostrou-se entristecido pela curta passagem no Grêmio, mas fez agradecimentos à torcida, comissão técnica e diretoria, prometendo inclusive um retorno assim que possível para o clube gaúcho.

"Espero um dia poder retornar ao Grêmio que seguirá, para sempre, no meu coração", disse Caio Henrique ao falar pela última vez como jogador do clube. Vale destacar que a estreia do lateral-esquerdo aconteceu durante um Gre-Nal, vencido pelo Grêmio por 1 a 0 em pleno Beira-Rio.

Grêmio não sinaliza para substituto

Por conta da pandemia, e do corte de gastos que vem sendo feito nos últimos meses, o Grêmio ainda pretende avaliar a necessidade de contratar um substituto para Caio Henrique, visto que a ideia inicial é aproveitar os atletas que ainda estão no elenco do tricolor gaúcho.

É o caso, por exemplo, de Bruno Cortez, campeão da Libertadores com o clube, e que, apesar das contestações da torcida, goza de elogios de Renato Portaluppi. O jovem Guilherme Guedes também pode começar a ter mais chances, além da possibilidade de subir o jovem lateral Matheus Nunes, destaque na campanha da Copa São Paulo de Futebol Jr. em 2020, quando o Grêmio acabou com o vice-campeonato.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!