A venda de Pepê já foi anunciada em Porto Alegre. Grêmio e Porto acertaram a ida do atacante para Portugal para o início da próxima temporada europeia, em junho. Segundo informações que circulam pela imprensa nacional e internacional, os valores estariam na casa dos 15 milhões de euros (cerca de R$ 97 milhões).

Por conta disso, o Grêmio agora terá, em um futuro próximo, uma lacuna no lado esquerdo ofensivo do campo. Pepê, inclusive, ficou de fora do confronto diante do Flamengo, nesta quinta-feira (28), quando o Grêmio perdeu para a equipe carioca por 4 a 2 e deu adeus completo ao título nacional.

De acordo com o departamento médico tricolor, Pepê teria sentido dores em uma lesão que já incomodava há algum tempo, e a negociação com o Porto não teve qualquer relação com a ausência do atacante da partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020.

Grêmio de olho em Claudinho

A conversa ao pé do ouvido entre Claudinho e Renato Portaluppi no dia 2 de novembro, quando o Grêmio venceu o RB Bragantino por 2 a 1, evidenciou algo que já circulava na imprensa paulista: o interesse do Grêmio em Claudinho, camisa 10 do Massa Bruta. O papo com Renato apenas deixou claro o real interesse do treinador em contar com o talentoso meia-atacante para a próxima temporada.

O curioso, no entanto, é que o técnico Renato Portaluppi não tem garantia de que permaneça na casamata tricolor na próxima temporada, mas já teria colocado o nome do jogador na mesa do presidente Romildo Bolzan.

Destaque da boa campanha da equipe do Red Bull Bragantino, Claudinho é um dos artilheiros do Brasileirão, com 16 gols marcados em 26 partidas disputadas. O salto de qualidade da equipe de Bragança Paulista, como consequentemente a melhoria do desempenho de Claudinho, deve-se à chegada de Mauricio Barbieri e a consolidação de um trabalho, que inclusive faz a equipe sonhar uma vaga na pré-Libertadores.

Sobre o interesse do Grêmio, porém, Claudinho desviou sobre o assunto enquanto conversava com a equipe do SporTV, no programa "Seleção SporTV", apesar de fazer questão de elogiar a equipe gaúcha e o treinador. "Ele perguntou a minha situação no clube", revelou o atacante sobre a conversa ao pé do ouvido com o comandante gremista. "Seria muito bom trabalhar com alguém que ganhou tudo como treinador e como jogador", completou.

Entretanto, o jogador não quis aprofundar-se no assunto envolvendo as especulações sobre o seu futuro. Recentemente, Claudinho renovou com a equipe do RB Bragantino até 2024. O Massa Bruta, inclusive, chegou a recusar uma proposta na casa dos US$ 10 milhões pelo jogador, que pode ser repassado ao RB Leipzig, da Alemanha, clube pertencente à mesma franquia que atua na América do Sul, em Bragança Paulista.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!