O Grêmio venceu o Botafogo na noite desta segunda-feira (8), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O placar de 5 a 2, porém, não reproduz com perfeição as atuações de ambas as equipes. Apesar do Grêmio ter sido fatal no setor ofensivo e ter feito uma grande partida do meio para a frente, na defesa a história foi outra.

Com a dupla de zaga reserva, formada por David Braz e Paulo Miranda, o Grêmio tornou-se frágil e exposto a um Botafogo que poucos gols fez no Brasileirão. Até à noite de ontem, a equipe havia marcado apenas 28 gols na competição. Chances claras, inclusive, não faltaram, muito por conta de falhas individuais da dupla de zagueiros.

David Braz vai mal na temporada pelo Grêmio

David Braz chegou muito bem no Grêmio. Gols decisivos, perigoso na bola aérea e bastante consistente, o zagueiro caiu nas graças do torcedor como um reserva à altura da dupla titular formada por Walter Kannemann e Pedro Geromel, que comumente acabava desfalcada por inúmeras razões.

O gosto do Grêmio pelo zagueiro foi tanto, que o clube aceitou uma troca com o Santos por Marinho, atualmente um dos melhores atacantes atuando no país. David Braz não conquistou seu espaço à toa e foi um dos grandes nomes do Grêmio em um 2019 também abaixo das expectativas.

Em 2020, porém, com mais chances de jogo, também apareceram ainda mais deficiências. Lento, o jogador reproduziu mais uma vez a dificuldade de correr atrás de um atacante no duelo contra o Botafogo.

O gol de Rafael Navarro não foi novidade para David Braz, que viveu lance similar contra Kaio Jorge, no duelo contra o Santos, na Vila Belmiro, pelo jogo de volta da Libertadores.

Paulo Miranda: das lesões à desconfiança

Outro zagueiro que chegou bem ao Grêmio para ser um substituto a Pedro Geromel e Kannemann foi Paulo Miranda. Em 2018, o jogador teve ótimos momentos, embora as lesões tenham atrapalhado bastante a sua sequência de jogos.

Em 2019, mais uma vez as lesões afastaram o defensor.

O ano de 2020 seria a redenção, não fosse a pandemia. Mais um vez entre departamento médico e equipes reservas, Paulo Miranda começou a falhar mais. No segundo gol do Botafogo, inclusive, há uma clara falha do zagueiro, o qual resulta no gol de Matheus Babi. O jogador perde o tempo de bola e acaba escorrendo, deixando o centroavante botafoguense sozinho para marcar.

Grêmio já vem com deficiências defensivas

Não foi apenas contra o Botafogo que o Grêmio vem mal defensivamente. Nos últimos 5 jogos, o Grêmio sofreu 10 gols. A equipe foi vazada em todas as partidas, contando com várias falhas individuais e coletivas. Sem Geromel, Renato deu preferência ao jovem Rodrigues para ser o parceiro titular de Kannemann. Contudo, o problema parece estar muito mais no sistema do que no atleta.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!