O Grêmio já está com a cabeça na grande final da Copa do Brasil 2020. As duas partidas contra o Palmeiras podem decidir os rumos da próxima temporada do Tricolor. Além de confirmar um hexacampeonato da competição, o Grêmio terá ainda o direito de disputar a fase de grupos da Libertadores de 2021, o que aliviaria o calendário da equipe.

Para o confronto contra o Palmeiras, o time de Renato Portaluppi pode sofrer diversas mudanças bastante significativas, passando por praticamente todos os setores. Com atuações abaixo do esperado e críticas constantes sobre o time, Renato planeja promover mudanças radicais na equipe que vai a campo no próximo domingo (28), na Arena do Grêmio, pela primeira partida da final.

Paulo Victor pode assumir como goleiro do Grêmio

Com a instabilidade de Vanderlei, Paulo Victor pode ser uma novidade e tanto na equipe titular do Grêmio. Não há nenhuma confirmação sobre quem será o titular da posição no final de semana, mas informações de bastidores revelam uma disputa interna e a indecisão do Grêmio sobre quem deve assumir como o goleiro na grande final.

Apesar de colecionar boas atuações no ano, Vanderlei não é visto como unânime na posição. A dificuldade do goleiro em atuar com os pés e o baixo aproveitamento em cobranças de pênalti acabaram por somar negativamente ao goleiro que veio do Peixe. Além disso, Vanderlei viu o companheiro de equipe, Paulo Victor, crescer quando teve oportunidade e se mostra, atualmente, à frente para assumir a posição como guarda-metas.

Grêmio deve apostar em Paulo Miranda

Se antes o Grêmio via em Rodrigues o nome a substituir Pedro Geromel, agora já é bem diferente. Com constantes falhas e atuações que comprometeram a equipe, Rodrigues acabou perdendo o posto de titular ao lado de Kannemann.

Para a grande final, Renato deve apostar na experiência do zagueiro para atuar ao lado do argentino, que vive rodagem de companheiros no ano, em função das constantes lesões do seu companheiro de defesa.

Meio-campo mais defensivo

Sofrendo com gols em praticamente todos os jogos, o Grêmio deve adotar uma postura mais defensiva diante do Palmeiras. A estratégia passará, inclusive, pelo meio-campo, que deve ter Lucas Silva ao lado de Maicon e Matheus Henrique.

Quem sobra é Jean Pyerre, que vem sendo contestado internamente no Grêmio por não propor intensidade ao ataque da equipe.

Com isso, o Grêmio planeja não propor o jogo, mas sim dar a bola ao adversário.

Ferreira pode ser elemento surpresa

Por fim, quem também pode aparecer no time titular é Ferreira, pelo lado direito. Com uma postura mais defensiva no meio-campo e na defesa, o Grêmio pode ter em Ferreira, pela direita, e Pepê, pela esquerda, as válvulas de escape necessárias para surpreender a equipe de Abel Ferreira. Contudo, Renato ainda poderia optar por Alisson, atual titular, ou ainda jogar com Thaciano, seu coringa, aberto pelo lado direito.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!