O Flamengo entra 2021 querendo esquecer as turbulências vividas na temporada passada. Com um trabalho consolidado e defendendo uma atual hegemonia, o Flamengo deve fazer uma manutenção no elenco, mas também pensando em reposição e admitindo futuras saídas de titulares absolutos que trouxeram glórias nestes últimos dois anos.

Pensando neste cenário, o primeiro passo para o Flamengo deve ser manter Rogério Ceni no cargo. O título do Campeonato Brasileiro de 2020 trouxe "tranquilidade" e deve ser o motor para engrenar um trabalho "autoral" do técnico que consolidou um ótimo trabalho no longo tempo que ficou no Fortaleza.

Flamengo de 2021 já começa a ser projetado

O fim do Campeonato Brasileiro também colocou um fim na temporada do Flamengo. Nesta terça-feira (2), inclusive, a equipe entra em campo pela primeira rodada do Carioca. Embora com um time de garotos, alguns nomes merecem atenção. Nomes estes que, inclusive, estarão na pauta da diretoria para as próximas semanas.

Em entrevista ao Canal Rica Perrone, Marcos Braz, vice-presidente de Futebol do Flamengo, comentou sobre as perspectivas do Rubro-Negro para a próxima temporada, mencionando contratações, manutenção e venda de jogadores.

Logo de cara, Braz já foi realista e admitiu a possibilidade de perder um jogador importante do elenco. "A nossa estimativa é de perder um jogador.

Desse tamanho, de titular absoluto. A nossa análise é pra que aconteça somente isso em relação a um jogador", disse. Contudo, o vice-presidente de futebol tranquilizou a torcida por outro lado. "Evidente que a gente vai trabalhar pra que isso não aconteça, nem que esse ‘um’ saia daqui. Mas a gente tem números para serem alcançados", completou Braz.

O Flamengo, é importante lembrar, já fez a sua primeira contratação na temporada. O zagueiro Bruno Viana chegou ao clube antes do término da temporada, vindo do Sporting Braga, de Portugal. O defensor chega para disputar a vaga ao lado de Rodrigo Caio, que segue aberta após saída do espanhol Pablo Marí e a não correspondência de Léo Pereira e Gustavo Henrique quando requisitados.

Além de Bruno Viana, o Flamengo também negocia com Rafinha. Braz já comentou o assunto e admitiu que faltam detalhes para o lateral-direito campeão da Libertadores retornar ao clube.

Flamengo planeja surpresas nas contratações

Ainda durante a entrevista ao jornalista Rica Perrone, Braz afirmou que o Flamengo não deve fazer "maiores loucuras por jogadores". A ideia é, segundo ele, pescar bons nomes no mercado, e citou o zagueiro Bruno Viana como exemplo. "É continuar o trabalho com inteligência, pois a gente vai ter que usar a imaginação para reforçar ainda mais o elenco do Flamengo", indicou Braz.

Com a compra de Pedro junto a Fiorentina, por R$ 92 milhões, o Flamengo teria à disposição mais R$ 10 milhões para novas aquisições.

Por conta disso, ou o clube terá que vender para fazer caixa, ou tirar nomes de uma caixinha de surpresas para reforçar ainda mais o forte elenco à disposição de Rogério Ceni.