O Grêmio fez o anúncio oficial de seu novo treinador para a temporada. A chegada de Tiago Nunes ao comando do Tricolor traz um alívio para a direção do clube, que agora começa a voltar aos trilhos da temporada, pensando em novas alternativas no mercado, investimento na base e disputa das competições.

Com a chegada de Tiago, o Grêmio tem uma ruptura no seu trabalho de quase cinco anos com Renato Portaluppi. Apesar de muitas ideias similares, ambos têm características diferentes no modelo de comando da equipe.

O Grêmio de Tiago Nunes

Baseado principalmente no time campeão do Athletico Paranaense, o Tiago Nunes mostra um estilo mais equilibrado e focando na compactação entre as linhas, mas não abdicando da marcação sob pressão, triangulações rápidas e estreitamento das linhas para fechar os espaços pelo meio.

Nas suas equipes base, em 2018 (como campeão da Sul-Americana), como também em 2019 (campeão da Copa do Brasil), a mesma filosofia era notada, mesmo com diversas peças trocadas no elenco.

No Grêmio, Tiago terá à disposição um elenco farto de jovens com características que se adéquam ao seu jeito de ver Futebol. Treinando o sub-15 do Grêmio de 2015, Tiago Nunes conhece diversos meninos da sua época como treinador da base que hoje jogam no profissional.

O principal entre eles é Jean Pyerre, que Tiago tentou, inclusive, levar ao Athletico em 2018 e em 2019. Além dele, Darlan Mendes e Victor Bobsin são dois velhos conhecidos do técnico enquanto esteve nas categorias de base do clube.

O provável esquema do Grêmio de Tiago Nunes

A preferência de Tiago Nunes sempre esteve no habitual 4-2-3-1, clássico de Renato Portaluppi, com dois pontas avançados e agudos. Se com Tiago o Athletico tinha Rony e Nikão pelos lados, agora terá a dupla Ferreira e Alisson, além de Léo Chú, Léo Pereira, Gui Azevedo e Elias Manoel como opções.

O grande centro, porém, está em Jean Pyerre que, ora pode ter a dupla Matheus Henrique e Darlan como volantes, ora pode ter Thiago Santos na posição, como um volante mais fixo. Tudo, no entanto, dependerá, principalmente, do adversário.

Bastante versátil, Tiago Nunes costuma rejeitar a construção de uma equipe engessada em um esquema tático, variando muito as peças.

Isso também vale para a linha de defesa, que podem ter a clássica dupla Geromel e Kannemann, como ainda a adição de um terceiro zagueiro, como Ruan, para dar maior velocidade na recomposição.

Enquanto o Grêmio não faz o anúncio de reforços, Tiago Nunes deve fazer uma transição suave do time colocado em campo por Renato até chegar à sua escalação vista como "ideal".

Provável Grêmio: Brenno; Rafinha (Vanderson), Geromel, Kannemann, Diogo Barbosa (Guilherme Guedes); Darlan (Thiago Santos), Matheus Henrique e Jean Pyerre; Ferreira, Diego Souza e Alisson. Técnico: Tiago Nunes.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!