O Grêmio ainda trabalha minuciosamente na busca por reforços para somar ao elenco para a temporada. A queda na Libertadores, porém, mudou os planos iniciais do Tricolor gaúcho para a temporada de 2021. A promessa inicial era de contratações de impacto, dignas de lotar o aeroporto. No entanto, o Grêmio deve apertar os cintos, investir nas categorias de base e negócios de ocasião, como jogadores sem contrato.

Pensando em vasculhar o mercado e evitar erros, o Grêmio não deve fazer loucuras e mantém os pés no chão na busca por reforços. Embora não tenha se manifestado publicamente sobre o tipo de jogador que procura, o Grêmio deve ir ao mercado com cautela e trabalha nos bastidores por novas aquisições para somar ao plantel.

Jogadores sem contrato que poderiam atuar no Grêmio

Com o recuo no investimento, o Grêmio pode abrir o leque de mercado dos jogadores atualmente sem contrato --ou então próximos de ficarem sem contratos. Precisando de um zagueiro experiente, visto que Kannemann e Geromel estão constantemente no Departamento Médico do clube, o Grêmio poderia fazer uma investida em Ezequiel Garay, zagueiro argentino de 34 anos, com passagens por Valencia, Real Madrid e Zenit, da Rússia.

Outro nome muito comentado no mercado da bola atualmente ainda é o de Alex Teixeira. O jogador de 31 anos pode atuar pelas pontas e pelo meio. Com alta capacidade de finalização e ótima visão de jogo, seria um jogador para titularidade de qualquer clube no Brasil.

Sem contrato desde que deixou o Jiangsu, da China, Alex Teixeira poderia ser a cereja do bolo no Tricolor.

Além dele, Fernandinho, do Manchester City, é um jogador que deve movimentar a janela de transferências. Com apenas 2 meses de contrato restantes nos citizens, Fernandinho pode desembarcar no Brasil. O jogador já teve negociações com o Athletico Paranaense, mas acabaram esfriando com a reta final da Premier League.

Grêmio faz consultas no mercado

Atento ao mercado da bola, o Grêmio deve reforçar seu elenco após a confirmação de Tiago Nunes no comando técnico e de Marcos Herrmann como vice-presidente de Futebol. Entretanto, segundo o próprio VP, o Grêmio não deve fazer grandes aquisições. "Não me preocupo de encher o aeroporto de torcedores na chegada do reforço.

Quero que em dois ou três meses haja o aplauso da torcida. Vamos analisar bem cada reforço", disse Herrmann em sua coletiva de apresentação no clube.

O Grêmio não revelou quantos jogadores devem chegar, mas há a expectativa de que pelo menos três nomes cheguem no futuro próximo. O Grêmio chegou a fazer sondagens por jogadores como Nikão e Léo Pereira, que trabalharam com Tiago Nunes no Athletico Paranaense, e Michael, atualmente no Flamengo.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!