Grêmio e Douglas Costa sempre tiveram um belo relacionamento. O jogador, oriundo da base do clube, sempre se mostrou um apaixonado pelo Tricolor gaúcho e, sempre que tinha a oportunidade, ressaltava a sua vontade pessoal de retornar ao clube que o levou ao Futebol profissional.

Douglas deixou o Grêmio no final de 2009, com passagem comprada para Donetsk, pronto para ganhar o mundo a partir dali. Depois da Ucrânia, seu passaporte foi carimbado em Munique, quando atuou pelo Bayern, tornou-se ídolo e ainda era elogiado diariamente por ninguém menos que Pep Guardiola, que insistiu na sua aquisição pelos bávaros.

Em seguida, os rumos da vida levaram Douglas Costa à Juventus, onde formou uma parceria de sucesso ao lado de Dybala e, posteriormente, com Cristiano Ronaldo. Uma volta breve ao Bayern, porém, já mostrava um declínio físico de Douglas Costa, que pouco conseguiu atuar em sua segunda passagem pela Alemanha.

No entanto, o jogador nem sequer planeja retomar os treinos em Turim. Segundo informações do repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, o jogador deve mesmo é rescindir o seu contrato para assinar seu vínculo de retorno ao Grêmio. O sonho de Douglas Costa, desde que deixou Porto Alegre com destino à Ucrânia, parece estar mais próximo do que nunca.

Douglas Costa quer retornar ao Grêmio

Douglas Costa nunca escondeu seu amor pelo Grêmio.

As constantes entrevistas comprovavam a proximidade do jogador com o clube. Com uma brecha para retornar ao Brasil, Douglas não pensou duas vezes e já elencou o seu destino preferido: o Grêmio.

O contrato de empréstimo do jogador com o Bayern termina no mês de maio, quando se encerra o Campeonato Alemão. O clube bávaro não efetivará a compra do atacante, que precisará retornar à Itália.

No país da bota, Douglas Costa deve tentar uma rescisão amigável com o clube, visto que possui valores a receber do clube e, com a Juventus em crise, o alto salário do jogador seria um problema.

Grêmio aguarda desfecho da negociação de Douglas Costa

No Grêmio, Romildo sempre fez questão de elogiar o jogador, destacando toda a sua qualidade.

Entretanto, sempre ressaltou as dificuldades na negociação. Com a possibilidade de retorno, o Grêmio deve fazer uma proposta ao atleta esperando fechar um contrato com o jogador.

O empecilho ainda é o contrato com a Juventus, até o fim de 2022. Gremista, o jogador revelou este detalhe, destacando que há muito mais por trás do que um "simples sim". “Tem que ser um passo bem pensado. Meu contrato de um ano ainda com a Juventus é alto. Tenho que voltar para lá, ver como as coisas funcionam e aí sim dar um outro passo. Tudo mostra que as coisas são propícias", disse Douglas Costa, em entrevista a Alê Oliveira, no dia 30 de março.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!