O Grêmio prepara uma adição de jogadores ao seu elenco atual. Com as competições começando a afunilar, a diretoria entende que o grupo de jogadores precisa ser mais recheado, a fim de jogar em alto nível as três competições que o clube terá pela frente, a Copa Sul-Americana, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Com um elenco majoritariamente formado por meninos, o Grêmio quer mesclar experiência e juventude, com intuito de promover um resultado de longo prazo, em um projeto de reestruturação que passe por uma singela remontagem de um elenco vitorioso no passado que influencie um grupo campeão no futuro próximo.

Grêmio quer negociar atletas

Contudo, antes de ir ao mercado, o Grêmio pretende anunciar um diretor executivo e então realocar atletas que não fazem parte dos planos do clube e que provocam um peso na folha salarial. São eles o goleiro Paulo Victor, o lateral-direito Victor Ferraz, o volante Michel e o atacante Everton Cardoso.

Com salários altos, os jogadores devem ser negociados. Entretanto, embora negociações sejam iniciadas, as propostas não cobrem os custos do Grêmio com os atletas, que possuem alto vencimentos ao final do mês.

Grêmio mira posições carentes para contratações

O Grêmio pensa em duas frentes atuais para compor o elenco. Inicialmente, o clube pretende contratar um meia-atacante com chegada forte à frente.

Por mais que a diretoria confie em Jean Pyerre como o meia-armador, o Grêmio quer proporcionar opções a Tiago Nunes, oferecendo um meia com características diferentes as de Jean.

Além de um meia, o Grêmio também deve fazer buscas no mercado por um zagueiro com potencial de ser titular. A avaliação interna aprovou o desempenho inicial de Ruan, que deve receber ainda mais chances mesmo com a chegada de um novo nome para a posição.

Com Geromel e Kannemann afastados constantemente por lesão em 2020, o Grêmio entende que não pode depender apenas de sua dupla titular, tidos por muitos como a melhor da América Latina nos últimos anos. Com a inconstância dos jogadores nos últimos meses, o Grêmio deve ir às compras atrás de um defensor.

O Tricolor, inclusive, até tentou o zagueiro Messias, do América-MG.

Entretanto, o jogador optou pelo Ceará, pois, em justificativa, teria mais chances de atuar pela equipe alvinegra, visto que no clube gaúcho a concorrência seria muito maior.

Portanto, antes de ir às compras com as suas prioridades, o Grêmio antes deve fazer o anúncio de seu executivo de Futebol. O nome favorito para a vaga é o de Diego Cerri, que trabalhou em diversos clubes do futebol brasileiro, como RB Brasil (atual RB Bragantino), Ceará e Bahia, tendo ótimas recomendações de todos os projetos que integrou.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!