Sabemos que há lugares em Buenos Aires onde é possível comprar muita coisa por um preço acessível, como é o caso da "Calle Florida", das feirinhas de artesanato e dos shoppings em geral, localizados em regiõesbastante turísticas da cidade. Por mais que com o passar dos anos o país tenha aumentado bastante os preços de roupas e produtos para venda, ainda assim vale a pena para nós, pois o real é uma moeda mais valorizadaque o peso argentino.

Porém, por mais que isso tudo já seja bom, por que não melhorar? Há diversas formas e lugares onde é possível economizar ainda mais em suas compras na capital Argentina.

Você pode procurar os famosos outlets e bairros que possuem preços ainda mais atrativosdo que em lojas comuns e regiões bastante turísticas. Este artigo mostrará uma regiãoem específico, que é uma ótima opção para quem quer economizar: o "Once", áreado bairro Balvanera.

Para que se tenha uma ideia, há estabelecimentos nesta região que vendem os produtos para que outros comerciantes os vendam na rua Florida, ou seja, obviamente se comprar diretamente com o fabricante ou primeiro vendedor, pagará mais barato.

O bairro é bastante comparado à nossa "25 de Março" em São Paulo, pois possui ruas cheias de lojas, com um número grande de pessoas pechinchando e andando de comércio em comércio com malas e mochilas cheias de mercadorias. Lá você encontra lojas de tecidos, roupas, sapatos, eletrônicos, bijuterias, itens importados, entre outros setores.

Há produtos de todos os tipos, de todos os preços e níveis de qualidade. Além disso, muitas das lojas possuem venda no varejo e atacado, o que chamam lá de "venta por menor" ou "venda por menor". Por exemplo, aocomprar uma peça em uma loja quecusta R$ 50,00, se levar 2 ou mais peças iguais ou diferentes, custará muito mais barato, como R$ 20,00 ou R$ 30,00.

Além das lojas há diversos vendedores de rua, estilo camelôs, oferecendo tudo quanto é tipo de produto.

CUIDADO!

Assim como em qualquer lugar onde há muita gente, pobreza e desatenção, existem pessoas querendo tirar proveito disso. Por isso, deve-se ter cuidado pois há bastante reclamações de furtos no Once, especialmente quando as pessoas estão desatentas e nem percebem que estão sendo furtadas.

Uma dica interessante é que se leve dinheiro e documentos em um "porta dinheiro" por dentro da roupa e que se carregue malas e mochilas com cadeado e que se mantenha atenção sobre seus pertences.

COMO CHEGAR NO BAIRRO ONCE

A região do bairro que possui lojas é bastante extensa, porém a maior parte dos negócios está localizadanas avenidasRivadavia, Pueyrredón, Corrientes e Calle Pasteur. É possível chegar lá através de diversas linhas ônibus ou pelo metrô, lá chamado de "subte" através daslinhas A, B e H.

ATENÇÃO PARA O HORÁRIO:

Cada comércio possui um horário de funcionamento independente, porém a maioria funciona das 9h às 19h de segunda à sexta e aos sábados das 9h às 13h. Aos domingo fica praticamente tudo fechado e a região parece ser mais perigosa e vazia.

Portanto, não pense que por ser uma cidade turística, vai ir a qualquer dia e horário e vai encontrar tudo funcionando. Se for aos sábados pela tarde e domingos, verá somente as grades fechadas dos estabelecimentos e possivelmente mendigos pedindo dinheiro.

Siga a página Viagem
Seguir
Siga a página Turismo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!