Tanto o álcool quanto o cigarro são extremamente maléficos à saúde. A indicação para consumo saudável de álcool é mínima, e já o cigarro não deve nunca ser usado.

Um caso em especial tem chamado a atenção da imprensa mundial. Um homem deu entrada em um hospital com queimaduras gravíssimas, e tudo o que ele tinha feito foi beber alguma coisa e depois acender um cigarro.

O caso se passou em Havelock, na Corolina do Norte, Estados Unidos. O homem, identificado como Gary Allen Banning foi a vítima do trágico acidente.

Tudo começou quando um vizinho de Banning acionou a polícia dizendo que o homem de apenas 43 anos havia ateado fogo no próprio corpo.

Rapidamente, o socorro se mobilizou para buscar a vítima.

Garry então deu entrada no hospital com queimaduras gravíssimas, e mesmo recebendo socorro, não resistiu aos ferimentos graves e morreu.

Entenda aqui o motivo do acidente trágico

Depois de ser socorrido, começaram as investigações sobre o caso, que foi tratado primeiramente como um suposto suicídio, já que a informação era a de que Gary havia ateado fogo no próprio corpo.

Pouco tempo depois, no entanto, foi desvendado que ele na verdade havia tomado uma bebida pouco antes de entrar em combustão. Então, foi revelado que a tal bebida era na verdade gasolina, e que Gary havia confundido com um drink qualquer.

Quando ele percebeu que era gasolina, no entanto, ele cuspiu o líquido e não ingeriu o restante.

Mas o grande erro foi cometido pouco tempo depois.

O homem teria descido de seu apartamento para fumar um cigarro, e foi nessa hora que o fogo tomou conta do corpo de Gary. Banning chegou a ser socorrido em um hospital especializado em queimaduras e recebeu todo o cuidado possível diante da situação, mas na manhã seguinte, ele faleceu por conta das queimaduras.

O prefeito da cidade chegou a conversar com a imprensa na época e declarou que o homem encontrou a garrafa de gasolina em cima da pia de sua casa. Ele então tomou um gole achando que era um drinque.

O grande problema é que a gasolina havia respingado em sua roupa, e ao acender o cigarro, ele colocou o líquido altamente inflamável em contato com o fogo, e foi então que a tragédia ocorreu.

As informações ainda dão conta de que a vítima ligou para os bombeiros quando tudo aconteceu, mesmo enquanto estava em chamas. No entanto, foi o pedido de socorro de um vizinho que realmente foi atendido, pois na ligação de Banning não foi possível entender muito bem o que acontecia, já que o homem estava agonizando.

O caso ocorreu em 2012, mas ganhou notoriedade por conta da forma curiosa com que esse americano morreu.