Por conta da crise financeira e política no Brasil, milhares de brasileiros estão interessados em morar em Portugal. Ouvimos falar que a vida lá não é muito cara para os padrões da Europa e, muitas vezes, que é até mais barata do que no Brasil. Será que isso é verdade? A vida em Portugal é mais barata que no Brasil? A resposta para essa pergunta é: Depende.

Normalmente, sim, a vida em Portugal não é muito cara. No entanto, com a alta do euro, se o seu plano é viver com reais, com o dinheiro que você ganha no Brasil, isso pode complicar as coisas. Com o euro a mais de 4,00 nesse momento, os brasileiros que estão com visto de estudo vivendo com os reais do Brasil certamente não estão nas melhores condições.

Se você vai trabalhar em Portugal [VIDEO] e ganhar em Euros, você provavelmente consegue viver em condições boas, mas deve levar em conta que o salário mínimo em Portugal é um dos menores da Europa. Portugal não é nem de longe o país mais indicado para ir trabalhar e ganhar dinheiro, e é importante ter isso claro. Outros países da Europa têm um salário mínimo mais alto, que chega a ser o dobro de Portugal. Em compensação o custo de vida é mais alto.

Deve ser levado em consideração que o custo de vida em Lisboa é maior que em cidades menores, como o Porto, por exemplo.

O salário mínimo em Portugal é 650 euros (aproximadamente 2.600 reais com o euro a 4,00). Um salário bom em Portugal é considerado um salário de mil Euros. Na França, o salário mínimo é 1200 euros.

Isso já reflete que se trata de um país cujo custo de vida é, sim, muito baixo, muitas vezes mais baixo que o Brasil.

Valor comum dos aluguéis em Lisboa: 300-500 euros, dependendo da localização e do contrato.

Valor comum a ser gasto nos restaurantes: 5-7 euros para uma refeição simples.

Valor comum de um café expresso num mercado: 0,50 centavos de euro. Numa cafeteria, pode ser 1 euro, às vezes um pouco mais numa região turística, mas não passa de 1,50.

O supermercado é bem mais barato que no Brasil, mas é difícil estipular gastos pois isso difere conforme as compras do usuário. Em geral, contudo, os produtos são bem mais baratos.

Algumas coisas são mais caras: uma delas é o Uber em Lisboa, que provavelmente você usará com pouquíssima frequência quando assumir o estilo de vida Europeu. O metrô funciona na maior parte da cidade e na Europa todo mundo usa transporte público.

Tendo em vista essas considerações, é possível concluir que a vida em Portugal é, sim, mais barata, se você ganha em Euros e tem um salário de pelo menos mil Euros consegue viver bem. Alguém me diga onde no Brasil eu consigo um café expresso por dois reais numa metrópole? E comer por vinte reais tranquilamente em qualquer restaurante? Aqui no eixo Rio - São Paulo isto é quase impossível.

Agora se a sua ideia é ir com o dinheiro do Brasil, com o Euro acima de 4, sem saber se a tendência é só aumentar, pode ficar um pouco complicado.

É um pouco mais barato mas isso não significa que as coisas sejam de graça. O aluguel, por exemplo, ainda é bem caro nas grandes cidades.