Uma triste notícia abalou o mundo do Futebol recentemente, sobretudo na Bolívia. O árbitro de futebol Victor Hugo Hurtado, de 32 anos, acabou tendo um mal súbito na partida que comandava, válida pela primeira divisão do futebol local, disputada entre Always Ready e Oriente Petrolero, neste último domingo (19). A notícia foi publicada em primeira mão por dois jornais locais, o Los Tiempos e também pelo Deporte Total, com informações fornecidas pelo delegado da partida, Luis Callejo.

A partida acontecia a uma altitude de 3,9 mil metros, e, segundo informações primárias, o árbitro acabou sofrendo várias paradas cardíacas sequenciais.

O mal súbito acabou culminando na morte precoce do árbitro, que tinha uma carreira em acensão, sendo um dos árbitros bolivianos mais jovens e com maior potencial de crescimento. Até mesmo o presidente Evo Morales se pronunciou sobre a morte do juiz via Twitter.

Morte de árbitro abala mundo do futebol

O presidente boliviano, Evo Morales, fez questão de dar seu depoimento via Twitter após receber a informação que dava conta da morte de Victor Hugo Hurtado na tarde de domingo. O presidente se solidarizou aos familiares, amigos e colegas de profissão de Victor Hugo, bem como os demais esportistas.

Evo Morales ainda declarou que o futebol boliviano está de luto pela morte do profissional.

"Lamentamos o falecimento do árbitro Víctor Hugo Hurtado enquanto apitava a partida entre Always Ready e Oriente Petrolero. Enviamos condolências e solidariedade aos seus familiares, amigos e colegas. O futebol boliviano está de luto", disse o presidente através de sua conta oficial no Twitter.

A partida foi realizada no Estádio Villa Ingenio de El Alto, considerado como um dos com maior altitude no mundo, somando um total de 3,9 mil metros de altitude, na cidade de La Paz, capital da Bolívia.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Futebol

Segundo informações do periódico Deporte Total, Victor Hurtado sofreu algumas paradas cardíacas durante a partida. "A primeira parada cardiorrespiratória ocorreu quando levávamos o paciente ao hospital, e, quando ele teve a segunda parada não foi possível reanimá-lo", disse o médico da equipe do Always Ready, Erick Koziner, à imprensa.

O árbitro acabou tendo o mal súbito quando a partida ainda estava empatada em 0 a 0, no início do segundo tempo. O jogo acabou sendo retomado, com vitória por 5 a 0 da equipe do Always Ready, que teve o quarto árbitro como o comandante do jogo.

Apesar da altitude enfrentada na partida, os médicos não tiveram qualquer conclusão que relacionasse os possíveis efeitos da altitude com o mal súbito sofrido pelo árbitro Vitor Hugo Hurtado.

Maiores informações devem ser esclarecidas com a investigação do caso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo