O mundo das notícias é complexo, e histórias e imagens falsas costumam ser amplamente compartilhadas nas redes sociais. A equipe editorial da Blasting News identifica as informações enganosas e as fraudes mais populares toda semana para ajudá-lo a entender o que é verdade e o que é mentira. Aqui estão alguns dos boatos falsos mais compartilhados da semana.

EUA

Alegação: Comunidades amish não foram afetadas pela pandemia da Covid-19

Fatos: Vários posts compartilhados no Facebook afirmam que as comunidades amish não foram afetadas pela pandemia da Covid-19. Uma dessas postagens mostra a imagem de uma mulher de máscara perguntando a dois homens amish “por que Covid não está afetando vocês?”. “Não temos TV”, responde um dos homens.

Outras postagens afirmam: “6 meses depois e os amish ainda estão vivos e se Covid. A cura deles = Sem TV”.

Verdade: Como relata a AFP, a alegação é falsa. Allen Hoover, administrador do Centro Médico Paroquial do condado de Lancaster –lar de uma das maiores comunidades amish nos EUA–, disse à AFP que a comunidade amish "experimentou uma taxa de infecção de Covid-19 muito maior do que a média", pois eles "são uma comunidade fechada, e porque eles ignoraram em grande parte todos os protocolos de segurança entre ele”.

As comunidades amish também evitam notificar vários casos de Covid-19 devido à cautela de "intromissão" externa, disse Hoover.

EUA

Alegação: Foto mostra parlamentares democratas dos EUA usando roupas com suásticas

Fatos: Uma imagem compartilhada centenas de vezes no Facebook mostra alguns parlamentares democratas dos EUA, incluindo Alexandria Ocasio-Cortez, Ilhan Omar e Rashida Tlaib, vestindo roupas vermelhas com uma suástica amarela e uma estrela.

“Aí está pessoal! Um grupo de nazistas comunistas”, diz a legenda das publicações.

Verdade: A foto foi manipulada digitalmente. Uma busca reversa na internet mostra que a imagem foi postada originalmente no Twitter por Cori Bush em 3 de janeiro de 2021. A foto original mostra os mesmos parlamentares democratas, vestindo as mesmas roupas, mas sem os símbolos da suástica.

Além disso, as roupas usadas por Ocasio-Cortez, Omar e Tlaib na foto original têm cores diferentes das da imagem adulterada.

EUA

Alegação: Vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, disse que os brancos são racistas

Fatos: Vários usuários das redes sociais compartilharam uma suposta declaração da vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, que teria dito: “Se ele for branco, será racista”.

Verdade: De acordo com a Reuters, a citação provavelmente foi tirada da seguinte manchete publicada em 2018 pela revista Vanity Fair: “‘Ele ainda vai ser racista se for um candidato branco’: conseguirá Kamala Harris, política não identitária, encontrar seu caminho em um momento de política identitária?”.

No entanto, a citação não vem de Kamala Harris, mas compartilha os pensamentos do jornalista Chris Smith. Sabrina Singh, vice-secretária de imprensa da vice-presidente dos EUA, disse à Reuters que Harris nunca disse a frase compartilhada nas redes sociais.

EUA

Alegação: Kamala Harris planeja fechar Departamento de Assuntos de Veteranos (VA) e tirar benefícios de soldados, dando o dinheiro para famílias de refugiados

Fatos: Publicações nas redes sociais compartilharam a seguinte citação atribuída à vice-presidente dos EUA, Kamala Harris: “O governo dos Estados Unidos não pode continuar a pagar por todas as necessidades do que se tornou uma classe especial de cidadãos. Os veteranos são iguais a nós, não melhores.

O Departamento de Assuntos de Veteranos (VA) os mima. Isso cria uma dependência de nós que não está fazendo nenhum bem a esses ex-soldados. Eles precisam aprender a viver por conta própria e serem adultos responsáveis. A maneira mais fácil de ajudá-los nessa jornada é cortá-los. Nos próximos quatro anos, fecharemos o VA, tirando os benefícios dos soldados. O dinheiro economizado será melhor usado na assistência às famílias de refugiados. Estas pobres pessoas procuram asilo conosco e precisam de um reforço e é nossa responsabilidade como nação fornecê-lo. Então, aqui está uma mensagem para os meninos soldados. Arrumem um emprego”.

Verdade: Como relata a Reuters, a citação foi originalmente escrita por um site satírico chamado America's Last Line of Defense, em um artigo intitulado “Kamala, que odeia o Exército, quer acabar com o VA”.

Além disso, Sabrina Singh, vice-secretária de imprensa da vice-presidente dos EUA, disse à Reuters que Harris nunca disse a frase compartilhada nas redes sociais.

França

Alegação: China está construindo uma máquina do tempo

Fatos: Um boato foi compartilhado nas redes sociais dizendo que o Instituto de Física de Altas Energias (IHEP) da Academia Chinesa de Ciências (CAS) se uniu a uma empresa privada chamada Shanxi Ruitai Technology para projetar e construir uma máquina do tempo. A informação se espalhou após o lançamento de uma dúbia apresentação em PowerPoint mostrando um “dispositivo experimental para a geração de túnel no espaço-tempo”. O boato afirma ainda que a máquina do tempo foi “aprovada e elogiada” pelo prêmio Nobel de física Gao Kun.

Verdade: A Shanxi Ruitai Technology, empresa criada em dezembro de 2020, negou qualquer envolvimento no referido projeto. Além disso, não existe nenhum vencedor do Prêmio Nobel de física chamado Gao Kun. Por fim, o Instituto de Física de Altas Energias da Academia Chinesa de Ciências emitiu um comunicado negando seu envolvimento um qualquer projeto do gênero.

Mundo

Alegação: Foto mais nítida da superfície do Sol é divulgada pela Nasa

Fatos: Publicações em inglês, francês e árabe foram compartilhadas nas redes sociais no Paquistão, Filipinas, Nova Zelândia, Marrocos, Líbia e Iraque.

Elas mostram uma imagem com a seguinte legenda: “Foto mais nítida da superfície do Sol publicada pela Nasa”.

Verdade: Uma busca reversa na internet mostra que a imagem foi postada pela primeira vez pelo fotógrafo americano Jason Guenzel em suas contas no Facebook, Twitter e Instagram em 12 de janeiro de 2021, com a legenda “Magnetic Sun” [Sol Magnético, em português]. Parte da legenda das postagens diz: “Esta imagem no Sol foi prejudicada por condições atmosféricas abaixo da média, deixando uma perda de contraste e detalhes. Aproveitei a oportunidade para processar intensamente a imagem resultante em uma representação estilizada da superfície visível do Sol”. Em nota, Karen C. Fox, do departamento de comunicação da Nasa, disse que a foto não é de autoria da agência espacial americana.

Tailândia

Alegação: Imagem mostra manifestação em Mianmar após golpe militar

Fatos: Foto compartilhada milhares de vezes no Facebook alega mostrar manifestantes deitados no chão durante protesto em Mianmar contra o golpe militar ocorrido no país do sudeste asiático no último dia 1° de fevereiro.

Verdade: Uma busca reversa na internet mostra que a imagem foi registrada originalmente em 4 de junho de 2020, pelo fotógrafo Matt Freed, durante um protesto do movimento Black Lives Matter no centro da cidade americana de Pittsburgh.

Coreia do Sul

Alegação: Primeiro-ministro da Coreia do Sul ameaça prender cidadãos que recusarem vacina contra Covid-19

Fatos: Publicações compartilhadas no Facebook mostram uma captura de tela de um suposto artigo do jornal Financial News informando que o primeiro-ministro da Coreia do Sul ameaçou prender os cidadãos que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19.

Verdade: Em declarações à agência AFP, a assessoria do primeiro-ministro sul-coreano negou que o político tenha feito tal declaração. Em nota publicada em seu site, o jornal sul-coreano Financial News negou que tenha publicado o artigo compartilhado nas redes sociais e afirmou que a captura de tela foi manipulada digitalmente.

Brasil

Alegação: Estudo indica relação entre uso de máscaras e agravamento de câncer de pulmão

Fatos: Publicações compartilhadas no Facebook e WhatsApp alegam que um estudo recente publicado na revista Cancer Discovery apontou que o uso contínuo de máscaras cria micróbios que contribuem para o agravamento do quadro de pessoas com câncer de pulmão.

Verdade: Realizado entre março de 2013 e outubro de 2018, portanto, anterior à pandemia do novo coronavírus, o estudo ao qual os boatos de referem analisa a relação entre a disbiose das vias aéreas inferiores e o agravamento do câncer de pulmão em ratos.

Não há nenhuma menção no trabalho ao uso de máscaras de proteção individual. Alertado no Twitter sobre o boato que estava se espalhando nas redes sociais, o médico Leopoldo Segal, um dos autores do estudo, disse: “Obrigado por me avisar. Isso é ultrajante! Não é uma interpretação errônea do estudo, mas, sim, um ato malicioso para promover uma agenda antimáscara infundada e ignorante”.

América Latina/Espanha

Alegação: Revista Time reconhece conspiração contra Trump na eleição presidencial de 2020

Fatos: Publicações compartilhadas no Facebook e no Twitter alegam que a revista americana Time reconheceu em um artigo publicado no último dia 4 de fevereiro, intitulado “The Secret History of the Shadow Campaign That Saved the 2020 Election” [A história secreta da campanha na sombra que salvou as eleições de 2020, em tradução livre], que houve um complô secreto para fraudar as eleições presidenciais de 2020 nos EUA e dar a vitória ao democrata Joe Biden.

Verdade: Ao contrário do que os boatos afirmam, em nenhum momento o artigo da revista Time fala sobre um complô para impedir a reeleição de Donald Trump. O texto, na verdade, fala sobre uma aliança informal entre ativistas, principalmente da esquerda, e “titãs” empresariais para garantir a participação popular na eleição de 3 de novembro de 2020. “O aperto de mão entre as empresas e trabalhadores foi apenas um componente de uma vasta campanha interpartidária para proteger a eleição - um extraordinário esforço paralelo dedicado não a ganhar a votação, mas a garantir que fosse livre e justa, confiável e incorruptível”, diz um trecho do artigo.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!