A Polícia Civil está investigando o ataque ocorrido em um campo de futebol após uma partida de um time amador na tarde do último domingo (21), em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre. Na ocasião, 10 pessoas teriam sido atingidas por disparos de pistolas realizados por homens que apareceram no local em dois veículos. Entre as vítimas, uma mulher e um homem acabaram morrendo.

De acordo com o delegado Eduardo Amaral, responsável pela caso, a principal linha de investigação é que o crime ocorreu por conta da disputa entre facções ligadas ao tráfico de entorpecentes na região.

Segundo ele, entre as pessoas que foram atingidas pelos disparos, haveria um alvo.

Conforme o delegado titular, após tomar os depoimentos das demais vítimas para tentar entender melhor a razão do ataque, ele conseguiu entender que alguns deles não seriam os alvos dos atiradores e que eles apenas foram feridos aleatoriamente na hora do tiroteio.

Ao ocorrer o crime, nove das vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Don João Becker, em Porto Alegre. Ao chegar na unidade de saúde, a bombeira civil Maiara Emili Silveira da Silva, de 20 anos, que teria sido atingida por um tiro na região do pescoço, acabou não resistindo aos ferimentos e morreu.

Um segundo corpo, o de um homem, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (22) dentro de um pátio de uma empresa nas proximidades da rua Barbosa Filho, no bairro Salgado Filho, em Gravataí. A vítima foi identificada pela polícia como Adélio Junior Souza Antunes, de 28 anos. De acordo com as autoridades, Adélio também estaria na linha de tiros dos criminosos. Os agentes civis agora querem saber se o homem também seria um dos principais alvos do grupo de atiradores.

O caso agora está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da região e até o momento nenhum dos envolvidos no crime foi detido. A polícia também irá verificar as câmeras de segurança da região para tentar identificar os criminosos.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Entenda melhor o caso

Na tarde do último domingo, um grupo de pessoas estava reunido em um campo de futebol no bairro Salgado Filho após uma partida de um time amador. Em um determinado momento, dois automóveis apareceram e os ocupantes dos veículos efetuaram diversos disparos contra a multidão e fugiram do local rapidamente. Inicialmente, todos achavam que nove pessoas teriam sido feridas no ataque, e destas nove apenas Maiara teria morrido, mas na manhã de segunda a polícia também encontrou o corpo de Adélio Junior, que provavelmente teria conseguido fugir e acabou morrendo no caminho, totalizando o número de dez pessoas atingidas e duas mortes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo