Olá, hoje eu quero falar com você sobre relacionamentos.

Hoje eu quero falar especificamente sobre um dos tipos mais importantes de relacionamentos para você que é pai, mãe, avô ou avó e esse é um assunto especial, pois é o Relacionamento com filhos.

Vamos chamar de Coisas que Você Nunca deve dizer aos seus Filhos, especialmente se você tiver filhos pequenos.

1 - Primeira coisa é nunca dizer adjetivos para os seus filhos, especialmente adjetivos negativos.

Por exemplo, existem muitos pais e mães que dizem para os seus filhos: Você é desorganizado ou você é como seu avô, você é uma peste ou você é uma cabeça dura.

Nunca diga isso para os seus filhos, porque quanto menores eles forem, as palavras vão projetando verdades sobre eles.

Chama-se Lei da Transformação: Palavras criam Pensamentos que criam sentimentos que geram comportamentos e que definem resultados.

Então fique atento a isso e não chame seus filhos por adjetivos negativos, não diga que eles são determinadas coisas, até porque dificilmente o ser humano é alguma coisa o verbo ser torna aquilo um destino onde na realidade você pode estar.

A criança pode estar confusa, ela pode estar um pouco esquecida, mas isso não quer dizer que ela é aquilo.

2 - Segunda coisa, evite dizer apenas sim para o tudo o que seus filhos quiserem, de vez em quando, equilibre com nãos, é importante que eles entendam que nem tudo pode, porque quando eles crescerem e forem para as empresas e forem para faculdade, eles vão encontrar um monte de nãos e isso os ajuda desde criança a equilibrar as emoções.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento Educação

O mundo não foi feito para eles e o mundo não vai dizer sim o tempo todo, então é importante que ele aprenda isso em casa.

3 - Terceiro, quando você der uma ordem explique para a criança o porquê, toda criança gosta de saber o porquê.

Por exemplo, você disse para a criança que ela não pode pegar determinada coisa, explique por quê.

Diga você não pode pegar determinada coisa porque isso quebra e custa caro, você entendeu?

Pergunte sempre se ela entendeu, às vezes, a criança vai dizer que entendeu, mas não concorda, então aprenda a separar o verbo entender e concordar.

Uma criança não precisa concordar com nada, ela só precisa obedecer e se ela entender isso, ela será um grande profissional no futuro também, existem regras para tudo e todos nós temos que obedecer a ordens no mundo.

É importante não criar rebeldes, uma coisa é uma criança ter personalidade forte, pensar com a própria cabeça, isso é fantástico, mas rebeldia é algo completamente diferente, crie crianças que serão adultos de mente aberta, mas não aceite rebeldia, porque isso vai prejudica-los.

4 - Quarto, nunca diga para o seu filho parar de chorar quando ele estiver chorando, procure entender porque ele está chorando e procure ensiná-lo a dominar as emoções.

Então ao invés de você dizer: Pare de chorar agora.

Diga: Por que você está chorando meu filho?

Não tem motivo nenhum para isso, guarde seu choro e deixe para chorar quando você estiver machucado ou quando algo estiver doendo.

Papai ou mamãe não gritou com você, não precisa chorar por isso.

Ensine-o a entender as emoções porque as emoções são traços importantes na Educação de um filho, e é importante que você crie uma pessoa que depois na fase adulta se orgulhe de poder se emocionar.

Ou você ainda é do tempo que diz para os seus filhos que homem não chora?

Isso é absurdo.

Nós estamos em tempos onde devemos ajudar os nossos filhos a desenvolver as emoções e não criar pedras humanas.

5 - E em quinto lugar, não minta para eles, por exemplo, se a criança perguntar se a injeção vai doer, diga que sim, mas que é só uma picadinha como a de um inseto.

Porque se você disser que não dói e ele ver que vai doer, ele já vai aprendendo a mentir e não confia mais em você.

Então não diga para ele que não deve ter medo e não vai doer, diga que vai doer sim, mas é uma dor pequena e o papai também tomava e outras crianças também tomam assim ele vai se acostumando com isso.

É melhor que ele chore agora e um pouco na hora da dor, mas assim ele vai saber que você não mente para ele.

As crianças costumam ter pesadelos no meio da noite e se uma hora eles vierem até você, não diga vá para o seu quarto, lá não tem nada e sim, prefira ir junto com a criança e mostre que não tem nada, fique com ele até adormecer.

Se você traumatiza a criança com o medo, ela leva isso para a vida inteira.

Eu espero que esses pequenos conselhos te ajudem no seu dia a dia.

Para não estender demais o artigo, fico com esses 5 conselhos, se você tiver dúvidas e quiser aprofundar esse assunto deixe seu comentário. E se você gostou desse artigo poderá gostar também dos seguintes artigos: Educando Crianças Para um mundo melhor e Educar os Filhos: É possível nos dias de hoje sim!

Boa sorte!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo