Temos uma grande quantidade de pessoas que acha que a vida dentro de casa, correndo nos corredores ou quintal do imóvel, basta aos animais. Isso não é verdade. É preciso passear com seu cão. Existem também aquelas pessoas que moram em apartamentos pequenos e compram bolinhas, ossinhos e fazem brincadeiras com seu pet apenas no interior do apartamento, achando suficiente, acreditando por se tratar de Animais de pequeno porte não seja necessário sair para passear. Outro engano. Há ainda um outro grupo de pessoas que não leva seu cão para passear pois não gosta que o animal suje as patas, os pelos e volte para casa trazendo sujeiras do ambiente externo.

E, por fim, aqueles que até saem com seus cachorrinhos, no entanto, andam poucos metros e retornam aos seus lares.

Passear com seu cão vai influenciar diretamente na saúde física e mental dele. O cão é um animal que socializa através do olfato e, ao sair na rua, ele vai desfrutar de uma gama de odores diferentes do que ele está acostumado dentro de casa, deixando com uma sensação de alegria. Além do olfato, ao passear nas ruas, geralmente o cão irá encontrar outros companheiros da mesma espécie, o que vai aumentar a socialização do animal.

Vale destacar também que além de outros animais, o cão irá ter contato direto ou indireto com outras pessoas nas ruas, desde de crianças até idosos, o que aumenta a sociabilidade do cão e diminui seus medos.

Fazer o "passear com seu cachorro" virar um rotina vai ajudá-lo a ser menos sedentário, mais ativo e cheio de saúde. O simples fato de passear com ele, é uma grande forma de prevenir a obesidade canina e seus efeitos. Certamente seu cãozinho viverá muito mais.

Cuidados na hora de começar a passear com seu cão

Primeiro passo é identificar seu animal.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Animais

Caso ele fuja ou se perca, será mais fácil alguém encontrá-lo. Dependendo da raça, utilize focinheira para evitar acidentes.

Assim como o ser humano quando começa a praticar atividades físicas o faz gradualmente, com o animal deve ser da mesma forma. Deve-se começar com passeios curtos e sem muita velocidade no caminhar, e gradativamente ir aumentando até a quantidade indicada por dia para a raça do seu animal. É sempre válida a opinião de um veterinário. Cada raça tem suas características, não adiantando esperar que um cãozinho de apartamento e de pequeno porte seja tão resistente quanto um pit bull.

Passear deixará seu cão mais ativo na rua e menos em casa

Muitos animais destroem as coisas dentro das residências pois estão com sobra de energia. Passear com seu cão vai fazer com que ele gaste energia suficiente para se sentir bem e querer dar aquelas cochiladas que ele adora, consequentemente parando de destruir tudo que vê pela frente de seu focinho.

Sempre que puder, passeie com seu cachorro e deixe ele mais feliz, assim como ele deixa você e sua família mais felizes pelo simples fato dele existir entre vocês.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo