O chef Henrique Fogaça, conhecido por sua participação como jurado do "MasterChef Brasil", da TV Band, causou polêmica durante uma viagem de férias ao Vaticano. Na viagem em questão, que aconteceu durante o mês de junho, Fogaça resolveu posar ao lado de duas religiosas brasileiras encontradas no lugar. Tudo seria comum, não fosse a roupa que o chef estava usando: uma camiseta com duas freiras se beijando.

A camiseta gerou diversas polêmicas e rendeu muitas críticas ao chef nas redes sociais. Dessa forma, ele acabou por se desculpar, por meio de uma nota, afirmando que não desejava ferir ninguém com as suas atitudes.

Tudo isso aconteceu há cerca de um mês. Entretanto, de lá para cá, parece que tudo na vida de Fogaça começou a dar errado e a sua vida, com certeza, já não é mais a mesma.

Embora as pessoas mais incrédulas possam não ver relação direta entre os fatos, assim como podem afirmar que se trata de uma simples coincidência, há quem afirme que a "atitude de blasfêmia" de Fogaça foi o pontapé para que a sua vida começasse a desandar por completo.

Entre os fatos que reforçam a teoria de que a blasfêmia do jurado do MasterChef desandou por completo está o fato de que, recentemente, ele passou por uma separação. Não muito tempo depois, ele sofreu um acidente de moto em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e acabou quebrando duas costelas e um dedo, o que lhe rendeu uma internação. Uma vez fora do hospital, ele precisou retornar ao local ao ser diagnosticado com uma pneumonia, fato que aconteceu durante o último final de semana.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Entenda o episódio do beijo

Quando a fatídica foto do "beijo entre as freiras" foi tirada, Henrique Fogaça passeava pelo Vaticano e encontrou duas freiras brasileiras. As religiosas pediram para que ele tirasse uma foto ao lado delas. A imagem, por sua vez, foi compartilhada pelo chefe em suas redes sociais com a legenda "blasfêmia". A partir daí, a polêmica teve início.

Entretanto, não foram somente os seguidores do chef que condenaram a sua atitude.

Quando a imagem foi postada, até mesmo o padre Fábio de Melo teceu críticas a Fogaça.

Após as críticas se tornarem ainda mais inflamadas, o jurado do "MasterChef" acabou por apagar a imagem e, posteriormente, tentou rebater as críticas feitas a ele, afirmando que as pessoas estavam usando do episódio para fazer outras acusações, relacionadas a racismo e homofobia.

Toda a confusão, entretanto, não parou por aí.

Foi necessário que a TV Band, emissora na qual o "MasterChef Brasil" é exibido, soltasse uma nota afirmando que ouviria Fogaça a respeito do polêmico episódio.

Após essa afirmação, o chef apareceu pedindo desculpas com um tom bem diferente, por meio de um vídeo. Na filmagem em questão, ele afirmava que os julgamentos acerca de sua atitude deveria ficar a cargo de Deus.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo