A atriz Bruna Marquezine possui uma boa reputação devido à sua presença constante e bastante forte nas redes sociais. Devido a isso, não existe qualquer motivo para que alguém pense que ela não é uma pessoa que deseja fazer o bem. Além disso, a atriz é bonita, bem-sucedida em todas as áreas que atua e simpática.

Ao encontro de todos os pontos citados, não é surpreendente que ela tenha decidido usar toda a sua influência e posição social para atuar em obras de caridade e oferecer apoio a causas nobres. Entretanto, de acordo com uma matéria publicada no R7, a forma como a atriz faz isso soa oportunista.

Para corroborar o seu discurso, o site em questão afirma que a ocasião em que Bruna Marquezine abriu as portas de sua mansão para receber algumas meninas refugiadas, ainda no último domingo (16), acabou soando um pouco oportunista. Entretanto, o site em questão afirma que prefere pensar que se tratou de uma questão de “erro estratégico” por parte da assessoria de imprensa de Marquezine.

De acordo com o R7, um evento como esse demanda recursos e uma série de cuidados, uma vez que pode acabar se voltando contra o autor da boa ação e ser confundido facilmente com hipocrisia. O site citado ainda destacou que todas as informações obtidas sobre o evento promovido por Bruna Marquezine se pareceram com estratégias para conseguir chamar a atenção no Instagram, rede social na qual a atriz é bastante presente.

R7 crítica postura de Bruna Marquezine

O R7, por meio de matéria assinada por Marco Antonio Araujo, ainda destacou que, atualmente, a “indústria das celebridades” acabou por criar uma espécie de armadilha para os artistas, visto que eles não precisam somente ter vontade de aparecer. Para conseguir verdadeiramente destaque, eles precisam lacrar, atitude que, de acordo com o site, é capaz de atrair vários seguidores novos para suas contas.

Ainda durante a sua matéria sobre a atitude de Bruna Marquezine, o site em questão destacou que as fotos tiradas na abertura da mansão foram distribuídas por várias ONGs das quais a atriz é embaixadora. Entretanto, o R7 aponta que não existe qualquer tipo de espontaneidade nos cliques em questão, o que deixa clara a ideia de que a ação não contou com essa característica.

É válido ressaltar que durante o evento as meninas refugiadas tiveram a oportunidade de usar a piscina da atriz, assim como brincaram de desfile de moda e fizeram um piquenique na companhia da famosa. Entretanto, isso poderia ser feito de uma maneira mais discreta de acordo com o site em questão.

Ao fim da matéria sobre Bruna, o R7 destacou que a ocasião se parecia bastante com as “selfies turísticas” de diversos Famosos brancos que vão para a África em suas férias. Nesses momentos, as celebridades em questão fazem questão de tirar fotografias ao lado de crianças negras em situações vulneráveis.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!