Devido à sua origem e sua formação, o ator Babu Santana certamente passou por muito preconceito e discriminação ao longo de sua vida, tanto em questão de suas relações pessoais, quanto profissionais. Em alguns momentos do confinamento, o ator chegou até mesmo a falar abertamente a respeito de algumas ocasiões que ele passou, e também fora do confinamento, como em uma entrevista que o mesmo concedeu a Lázaro Ramos.

Por mais que em alguns momentos o ator tenha levantado o tema dentro do programa, não tem sido algo muito falado por ele no confinamento de uma forma mais direta com as outras pessoas confinadas, por mais que o tema tenha sido, de alguma forma, destacado.

Babu comenta sobre discriminação no 'BBB20'

Dentro do confinamento, Babu tem citado por várias vezes a vivência do racismo em termos mais históricos, em conversas com os confinados. Como, por exemplo, em alguns momentos que ele se dispôs a dar verdadeiras aulas sobre o assunto para os confinados, que, em sua maioria, são pessoas brancas.

Em um momento mais recente em que o ator se sentou com as confinadas para conversar, ele chegou a explicar mais um pouco a respeito de alguns termos racistas, e outras detalhes em relação ao tema.

Ao final do momento de ensinamento ,ele chegou a ser aplaudido pelas confinadas que o ouviam, quando o brother explicou a respeito do contexto da escravidão e do sentido que a palavra “negro” carrega com ela.

Há alguns dias, o ator vem usando um novo acessório que pode ter chamado a atenção de alguns: um pente afro espetado no cabelo. Este pente usado pelo ator no confinamento representa a cultura ‘black power’.

O mesmo pente que agora o ator usa como símbolo de sua luta, foi objeto de risadas e de piadas de Ivy, Pyong e Gizelly há algumas semanas no jogo.

Isso porque os confinados, ao encontrarem o pente que não conheciam o formato, debocharam, e foram alertados por Pyong que pertencia ao ator.

Nesta segunda-feira (6), os participantes durante o jogo da discórdia deveriam lembrar de momentos que não gostaram em relação a uma pessoa no confinamento e falar a respeito deste momento.

Na vez do ator, ele alegou que não gostou de uma atitude tomada por Marcela, quando ela foi falar para Prior que iria tirar ele e o arquiteto da Xepa, e os levaria para o VIP. No momento, ele disse que ele estava ouvindo tudo de perto, e que o arquiteto não concordou, e ela se levantou, passou por ele, e sequer o cumprimentou, e sequer falou algo sobre o assunto diretamente com ele.

Em vários outros momentos, o ator chegou a criticar a postura que algumas pessoas tinham com ele no confinamento, mas nunca chegou a falar diretamente o que pensava, deixando nas entrelinhas a discriminação que percebia que estava sofrendo.

Ao que parece, nem Babu nem Thelma querem falar abertamente a respeito de discriminação e racismo dentro do confinamento, e que, pela situação, deve ser muito difícil e doloroso para que os dois abordem o tema em um programa de televisão.

Não perca a nossa página no Facebook!