Você está há horas produzindo um trabalho importantíssimo, prestes a zerar o jogo que não desgruda ou em uma conversa animada com uma pessoa querida e percebe que seu notebook está esquentando muito, começa ouvir um som estranho, sente uma rajada de ar quente, nota lentidão excessiva ao abrir um arquivo corriqueiro, se deparar com uma tela preta ou com o desligamento automático da máquina.

O problema pode ser superaquecimento.

Se uma medida não for tomada, pode gerar prejuízos mais graves, como a perda de peças importantes, como a placa mãe. Saiba as possíveis causas desse problema e o que pode ser feito para solucioná-lo.

Notebook esquentando e fazendo barulho

Isso pode ter relação com as saídas de ar do aparelho. Normalmente se encontram nas laterais ou na parte inferior. Se estiverem obstruídas por algum objeto ou tecido, ou estiverem excessivamente empoeiradas, terão mais dificuldade para refrigerar a peça, ocasionando o superaquecimento.

É comum que isso ocorra mesmo com os usuários cientes desse tipo de risco devido ao hábito de colocar o notebook no colo, na cama ou em outros lugares que contribuam para a vedação involuntária. O mais adequado é utilizar o aparelho em uma superfície plana e lisa.

Higienizar as saídas com um pano pode ser o suficiente, mas talvez seja necessário aplicar a limpeza no interior do dispositivo. Nesse caso, só o faça se estiver seguro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Tecnologia

Caso contrário, é melhor levá-lo a assistência técnica.

Outra possibilidade é o mau funcionamento do cooler (peça com uma ventoinha, essencial para a refrigeração do notebook), seja pelo acúmulo de poeira ou pelo desgaste natural. A solução poderá executar a limpeza manual ou fazer a troca do item. Novamente vá a um profissional se não tiver experiência nesse tipo de serviço.

Notebook esquentando muito e travando

Se o notebook estiver esquentando muito em jogos, é sinal de que o volume de dados esteja excedendo a capacidade do seu aparelho para esse tipo de atividade.

Considere investir no aprimoramento técnico ou usufruir de versões menos pesadas do passatempo.

O uso simultâneo de vários programas é outro fator que contribui para a sobrecarga e travamentos. É necessário identificar quais são os que mais ocupam espaço e consomem a bateria. No Windows, acessando o menu Monitor de Recursos, é possível verificar os softwares em execução para gerenciar o uso mais apropriado a sua máquina.

No Windows 10 basta digitar o menu no iniciar da barra de tarefas. No 7, o caminho é Iniciar > Acessórios > Ferramentas do Sistema > Monitor de Recursos. É também aconselhável fazer limpeza regulares na memória usando programas como CCleaner e Revo Unistaller. Isto impede que a memória fique muito cheia e contribui para o bom desempenho do equipamento.

O aquecimento em notebooks também pode ser causado por vírus e trojans. É sempre recomendável manter o antivírus atualizado e realizar varreduras regulares no sistema. Baixar softwares anti-malware é uma boa medida.

Notebook esquenta até desligar

Se você verificou o cooler, fez a limpeza e analisou os programas executados, outra causa pode estar ligada a pasta térmica. Esse é um componente usado entre o cooler e o processador para auxiliar na refrigeração. Passado algum tempo, a pasta pode ficar dura, seca e perder a sua vida útil, o que explicaria o aquecimento excessivo e o desligamento repentino, já que ao atingir temperatura limite o componente se autodesliga para preservar o hardware.

É possível adquirir a pasta (o preço varia conforme a marca) e repassar sobre a antiga. Mas novamente aconselha-se consultar um especialista se estiver inseguro ao fazer o procedimento.

Notebook esquenta muito e bateria rende menos

O notebook estando superaquecido e havendo sensível queda no rendimento da bateria, descartando as hipóteses acima, é provável que seja o caso de bateria viciada. É bem comum em aparelhos antigos cujas baterias não sabem diferenciar quando estão cheias, sobrecarregando-as desnecessariamente.

Porém, independente se novo ou antigo, o tempo de uso vai acabar gerando esse transtorno em algum momento, fazendo-se necessário um ajuste ou a troca da peça.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo