O programa Pânico na Band, comandado por Emílio Surita, já vive uma crise de audiência, sem precedentes desde o início do ano. Segundo o colunista Flavio Ricco do UOL, havia uma expectativa e novos investimentos em elenco, cenário e até com a troca de diretor da atração, para fazer com que o programa decolasse a partir de abril deste ano. Entretanto, o que se viu foi um show de horrores e polêmicas trazidos pelos quadros fracos e polêmicas com o elenco.

E, desta vez, uma polêmica envolvendo a discrepância de salários de atores do elenco, tem criado um atrito muito grande nos bastidores.

Uma das polêmicas recentes, por exemplo, foi a aparição de um órgão genital masculino sem cortes durante um quadro que gerou polêmica, mas foi muito criticado. Num quadro paródia do programa de José Luiz Datena, 'Brasil Urgente', um dos humoristas fazia a caricatura do próprio apresentador e outro era o Bispo Valdomiro Santiago.

Durante um corte de câmera, um dos atores aparecia com as calças molhadas, dando a entender que havia se urinado e seu órgão ficou totalmente à mostra sem tarjas. Na época, a direção do programa 'Pânico na Band' foi convocada às pressas para uma reunião e foi esculachada, saindo com a promessa que se acontecesse novamente, demissões aconteceriam.

Outra polêmica também foi a saída da panicat Mari Gonzales.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Após sua recente saída a gata deu uma entrevista dizendo que era obrigada a fazer coisas a seu contragosto, no pior estilo 'tudo pela audiência'. Ela também alegou que saiu do programa por ser usada como um objeto, explorando seu corpo ao máximo e, muitas vezes, de forma desnecessária.

Vaza lista com salários do elenco do 'Pânico na Band' que gera atrito nos bastidores

Ainda segundo Flavio Ricco, a nova polêmica no Pânico gira em torno dos salários dos atores do elenco.

Claro que negociações de Salário são muito individuais e que cada uma negociação tem suas peculiaridades. Mas desta vez, o vazamento de uma planilha de salários dos integrantes da atração gerou um desconforto enorme.

Sem citar nomes, o colunista revelou que alguns humoristas estão de 'cara fechada' nos bastidores e outros de 'mau humor'. Tudo porque as diferenças chegam a ser gritantes. Sabe-se, por exemplo, que Carioca (Márvio Lúcio), foi um dos últimos a renegociar seu contrato e que os valores renegociados foram bem elevados, já que ele era assediado pela Globo.

Por outro lado, as Panicats recebem uma ninharia. Chega-se a se falar em R$ 300 a R$ 500 por programa e sem direito a plano de saúde ou leis trabalhistas. Elas são contratadas como 'figurantes'.

Comente!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo