Os participantes Victor Vieira e Deborah Werneck tiveram mais exposição do que esperavam ao participar da quarta edição do reality show gastronômico Masterchef Brasil. Ambos tiveram fotos íntimas vazadas na rede.

Depois de Victor ter suas ''nudes'' vazadas, a algumas semanas atrás, foi a vez da finalista Deborah Werneck ter fotos íntimas expostas na internet. Segundo o colunista Leo Dias, do jornal ''O Dia'', as imagens vazaram na noite de ontem (20), e mostram Deborah com os seios à mostra e ao lado de um homem.

O colunista descreveu as imagens como ''impublicáveis'', e disse que, nestas, a finalista do Masterchef Brasil aparece com os seios à mostra, tocando suas ''partes baixas'' e ''esfregando um órgão sexual masculino no rosto''. O colunista frisa que as imagens não parecem recentes.

Felizmente, poucas pessoas parecem terem recebido as tais fotos. No Twitter, fãs da cozinheira e curiosos em geral comentam que ninguém parece ter visto as tais imagens, e duvidam da veracidade das informações dadas por Leo Dias.

Vale lembrar que compartilhar ''nudes'' de qualquer indivíduo sem a autorização do mesmo é crime cibernético.

Punição por vazamento de 'nudes'

O vazamento de fotos íntimas é, atualmente, o crime virtual mais comum no estado do Rio de Janeiro. As principais vítimas são mulheres e as motivações são as mais diversas, desde irresponsabilidade e desconhecimento da lei até vingança.

O autor da divulgação indevida de ''nudes'' pode responder por injúria e difamação, como está descrito nos artigos 139 e 140 do Código Penal.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Masterchef

A pena vai de 3 meses a 1 ano de reclusão.

Se a imagem íntima for de uma criança ou adolescente, o crime será enquadrado no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente, que descreve como crime grave a divulgação de imagens ou filmagens de menores de idade em situações sexuais ou pornográficas.

O vazamento de ''nudes'' pode estar ligado a dois crimes cibernéticos: o vazamento das imagens em si, e a invasão de dispositivos eletrônicos.

No segundo caso, aquele que vazou as imagens reponde pela lei Lei nº 12.737/12, também chamada de lei “Carolina Dieckmann”, pois foi criada após a atriz ter fotos íntimas vazadas decorrentes da invasão de hackers ao seu computador pessoal.

A psiquiatra Carmita Abdo, da ABP - Associação Brasileira de Psiquiatria - diz que ter imagens íntimas vazadas pode ocasionar consequências graves para as vítimas, sobretudo para as mulheres, como depressão e suicídio.

Muito embora a vítima não possua qualquer culpa em casos como este, ela alerta às mulheres que desconfiem quando o parceiro insistir muito em documentar relações sexuais e situações de nudez, sobretudo em períodos de crise no relacionamento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo