O apresentador José Luiz datena, do programa "Brasil Urgente", teve seu contrato renovado com a Rede Bandeirantes. O fato é que o apresentador é um dos críticos da emissora. Atualmente, a Band passa por uma terrível crise financeira, sendo obrigada a cortar salários de todos os integrantes da emissora.

Diretores, produtores e apresentadores tiveram cerca de 20% de seus salários diminuídos, o que já é motivo de muitas controvérsias. A questão é que os profissionais da Band ficaram revoltados porque o salário de Datena não diminuiu em nada.

José Luiz Datena recebe mensalmente a quantia de R$ 700 mil, o que chegaria a R$ 8,4 milhões de salários garantidos em apenas um ano de trabalho.

O valor para Datena continua o mesmo, sem nenhuma modificação, mesmo com a crise arrebatadora do canal.

A situação é tão grave que a equipe de esportes da Bandeirantes foi a que mais sofreu com a redução salarial, cerca de 30% foram diminuídos dos profissionais. No ano passado, o comentarista Edmundo acabou deixando a emissora após a proposta de diminuição do pagamento.

Ele estava há mais de sete anos na emissora e não gostou em nada de saber que teria seu cachê reduzido. Na época, ele ganhava mais de R$ 100 mil mensais e não queria que caísse o valor.

Diferente de Edmundo, que não aprovou o novo salário e se recusou de renovar o contrato com a emissora, Luiz Datena conseguiu renovar. Ele foi o único profissional da emissora que não participou do "corte de gastos" e continua com o mesmo salário.

O contrato de Datena tem validade até 2021. Além disso, o apresentador é o que obtém o mais alto cachê da emissora, trazendo "revolta" para os demais, que reclamam da falta de "política" da emissora para lidar com uma situação dessas. As informações sofram transmitidas pela colunista Keila Jimenez.

Apresentador reclama de salário mínimo

O apresentador José Luiz Datena se mostra um grande crítico em seu programa, ele transmite claramente suas ideias.

Recentemente, ele reclamou sobre a nova previsão do salário mínimo para a população brasileira. Em seu programa, ele criticou o presidente da República, Michel Temer, que de início deu a previsão de R$ 979,00 mensais para 2010 e agora o valor foi reduzido para R$ 969,00.

Datena ainda deu um recado para a população, enfatizando que todos devem lutar pelos seus direitos e não aceitar esse "tapa na cara" do Governo contra o povo.

O apresentador enfatizou que, se fosse em outro país, as pessoas sairiam nas ruas e "quebravam tudo".

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!