A conspiração armada pelos vilões do palácio na novela "O Rico e Lázaro" já tem data oficial para acontecer na tela da Record TV. Sammu-Ramat (Christine Fernandes), que induziu os soldados babilônicos para ficar no lado do marido Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme) na hora do golpe, marca o momento certo de agir contra o novo rei da Babilônia. Zac (Igor Rickli), irmão de Nebuzaradã, fica no lado dos rebeldes e acaba ganhando um cargo importante na gestão do rei usurpador do trono de Evil-Merodaque (Kayky Brito). Evil marca um pronunciamento aos nobres do palácio e a ex-sacerdotisa sente que é o momento exato de atacar.

Pronunciamento de Evil

Feliz com o milagre do Deus dos hebreus na cura da filha Shala (Gigi Cardoso), Evil-Merodaque se prepara para anunciar a sua fé em Deus. Antes de revelar a todos do reino sobre a sua fé, que Nabucodonosor (Heitor Martinez) assumiu no seu reinado, o rei Evil ora ao Deus de Israel e pede para guardar a sua família dos traidores.

O rei Evil-Merodaque se levanta do seu trono e anuncia que a Babilônia terá somente um Deus, o Senhor dos hebreus que o seu pai o seguiu até o fim de sua vida. Nesta hora, Nebuzaradã e seus aliados puxam as espadas e ameaçam o rei.

Massacre no palácio

A rainha Amitis (Adriana Garambone) fica espantada com atitude do chefe da Guarda Real. Temendo esta ação traidora de Nebuzaradã, a rainha, antes de entrar na sala do trono, pediu o flautista Hurzabum (Rafael Almeida) para deixar Nitócris (Sthefany Brito) trancada nos aposentos dela.

Revoltada, Amitis chama Nebuzaradã de traidor por mostrar a sua verdadeira face para todos. Evil-Merodaque também começa a questionar o oficial e Nebuzaradã replica que o rei Evil é o verdadeiro traidor. Evil responde a altura e diz que o oficial sempre foi o traidor desde do reinado de seu pai. Que o chefe oficial sempre comeu as migalhas do reinado de Nabucodonosor, acrescenta o soberano Evil.

Nebuzaradã ri com ironia e manda Rabe-Sáris (Gustavo Leão) e alguns soldados executarem os guardas do rei. Rabe-Sáris e os soldados matam os guardas, e Asher se mete no caminho de Evil, defendendo o rei da espada de Nebuzaradã.

Querendo dar cabo da vida do rei, o líder da rebelião ameaça matar Daniel (Gabriel Gracindo) se Asher não se afastar do monarca babilônico.

Asher solta a espada e Nebuzaradã mata o rei Evil. Irritada com as atitudes do ex-genro, Amitis pega um punhal da roupa do filho e tenta acertar o bandido traidor, mas o marido da ex-sacerdotisa acaba matando a rainha.

Novo duelo entre Asher e o novo rei

Nebuzaradã vai até o trono e senta como se fosse o novo rei da Babilônia, e Beroso (Cássio Scapin) apoia o novo rei. Asher, revoltado, ainda o desafia e o chama para lutar. O oficial rei aceita e começa a lutar com o forte hebreu. Durante a luta, Asher leva a melhor e fica a ponto de matar Nebuzaradã.

Joana chega na hora e pede que Asher não seja assassino como ele. O Lobo de Judá solta a espada e o mais novo rei ordena que o hebreu seja preso imediatamente. A nova rainha Sammu-Ramat pede ao marido rei que poupe a vida do profeta Daniel.

Rei Nebuzaradã chama Zac e diz que ele é o novo governador da Babilônia.

Estas fortes emoções da novela "O Rico e Lázaro" estão previstas para acontecer na tela da Record TV, na semana entre 09 a 13 de outubro, a partir das 20h30.

Confira o vídeo abaixo, sobre a lista dos vilões que morrerão na novela "O Rico e Lázaro":

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!