Nesta nova semana na novela “O Rico e Lázaro”, o príncipe de Judá, o prisioneiro Joaquim (Osmar Silveira), é levado à presença do rei Evil-Merodaque (Kayky Brito) para um julgamento mais justo. Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme) se levanta contra o príncipe hebreu e um grande apoio a Evil deixará o oficial enfurecido.

Pois o chefe da Guarda Real garante que o príncipe Joaquim é um traidor da Babilônia. Evil-Merodaque fica tenso com as palavras do oficial que acusa o seu amigo hebreu. Mas a presença de uma pessoa importante que chega na sala do trono deixará Evil com autoridade máxima em tomar a decisão de libertar Joaquim.

Fuga de Joaquim

Antes, Joaquim conseguiu fugir da prisão com ajuda de sua mãe, a rainha Neusta (Vera Zimmermann) e do servo Ebede-Meleque (André Luiz Miranda). O rei verdadeiro de Judá e sua namorada Edissa (Robertha Portella) fogem numa carroça, mas o chefe da Guarda Real consegue parar o veículo de fuga e manda os soldados vasculharem a carroça.

O casal é encontrado e Nebuzaradã os ameaça, quando Asher (Dudu Azevedo) atira uma flecha com fogo perto no cavalo, a carroça sai disparada pela rua da cidade. O Lobo de Judá alcança o cavalo desesperado e dirige a carroça até a casa de Ravina (Marcos Brenda), onde pede abrigo para Joaquim e Edissa. Nebuzaradã fica furioso em não conseguir capturar o prisioneiro e sua namorada.

O julgamento de Joaquim

Depois de capturado na Casa de Ilana (Cláudia Mauro) por alguns soldados após algum tempo, Joaquim é levado à sala do trono, o rei Evil afirma ao prisioneiro que ele terá um julgamento justo. Quando os soldados prenderam Joaquim e Edissa na casa, também prenderam o sacerdote Ravina, e sua esposa Ilana chorando ficou desesperada.

O sacerdote babilônico Beroso (Cássio Scapin) acusa o príncipe de Judá de traição aos babilônicos e o Governador Daniel (Gabriel Gracindo) defende o hebreu. Nebuzaradã usa de artimanhas de que se o rei Evil soltar Joaquim seria como apagar as ordens de Nabucodonosor (Heitor Martinez).

O grande apoio do rei

Para a raiva de Nebuzaradã, a rainha Amitis (Adriana Garambone) chega na hora do julgamento de Joaquim e avisa que o filho Evil tem toda condição de tomar as suas próprias decisões como rei.

Para quem não se lembra, o irmão da falecida Kassaia (Pérola Faria) provou sua autoridade quando estava como rei regente quando o seu pai Nabucodonosor esteve como animal durante sete anos na floresta.

Libertação

Com as palavras da rainha da Babilônia, Nebuzaradã fica revoltado e Evil-Merodaque se levanta e anuncia que Joaquim está liberto de todas as acusações e voltará ao seu posto de nobre no palácio.

O chefe da Guarda Real fica furioso e parte em direção aos seus aposentos e vai reclamar com a sua esposa Sammu-Ramat (Christine Fernandes). A ex-sacerdotisa promete ao marido que está perto de acabar com o rei Evil, e o irmão de Zac (Igor Rickli) agora deseja se vingar da rainha Amitis, por ter ajudado na libertação de Joaquim.

O rei ordena que Ravina e Edissa também sejam soltos com o apoio da sua rainha Shamiran (Gabriela Moreyra) e de sua rainha-mãe no julgamento. Daniel e seus amigos hebreus comemoram a libertação de Joaquim.

As cenas exclusivas da novela “O Rico e Lázaro” estão previstas a partir desta segunda-feira (25), às 20h30, na tela da Record TV.

Confira no vídeo abaixo, mais informações da novela "O Rico e Lázaro":

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!