A ex-panicat Carol Dias abriu o coração e falou em seu canal do Youtube tudo o que aconteceu nos bastidores de sua saída do Pânico na Band. As revelações são estarrecedoras. A Panicat que era uma das mais experientes do programa fez revelações importantes sobre os bastidores do programa e ainda citou a troca de diretores como um dos pontos chave para sua demissão.

Carol Dias também citou uma expressão muito usada no programa para aquelas moças que se recusam fazer provas que colocam a integridade das modelos em risco, 'panifraca', para criticar a postura de alguns humoristas e diretores do programa, apesar dela não citar nominalmente ninguém.

Cabe lembrar que recentemente, também noticiado aqui na Blasting News, a polêmica foi trazida por uma ex-participante do programa, a ex-Panicat, Mari Gonzales que saiu e também expôs a crise no programa Pânico na Band revelando a exploração da imagem sensual das panicats.

Ex-Panicat Carol Dias revela os bastidores polêmicos sobre sua saída do programa 'Pânico na Band'

Um dos principais motivos apontados para sua saída do programa, foi a troca de direção. O atual diretor de internet do programa, Alan Rapp, era o diretor-geral, mas com o baixo índice de audiência e a falta de criatividade dos quadros, fez com que ele fosse rebaixado e Marcelo Nascimento, ex-'SuperPop' foi contratado para assumir seu lugar. A modelo revelou que esta alteração foi ruim para sua carreira e ela começou a perder espaço e passou, não só ela, como todas as outras moças, a serem tratadas como apenas 'mulheres de biquíni' ou apenas 'bundas' na TV.

'Mulher hoje é independente, não tem esse negócio de Panifraca', disse Carol Dias, ex-Panicat

Ainda justificando sua saída, ela disse que se sentia um pássaro na gaiola, que estudou e fez cursos de teatro e atuação. Ela queria algo mais e deixou isto claro nos bastidores do programa. Entretanto, a cada dia que passava as meninas que não se submetiam às humilhações dos quadros que poderiam comprometer a integridade física das moças eram chamadas de 'Panifracas' o que desagradava a maioria delas.

Por outro lado, ela sabe e não critica quem se submete a este tipo de coisa, pois há uma fila enorme de mulheres querendo ser panicat. 'Não quer, tem quem quer', revelou.

Entretanto ela também disse que as pessoas se submetem a determinadas coisas no início, mas depois aquilo vai limitando a pessoa e elas começam a querer mais e mais. E não tem mais que mostrar a 'bunda' na TV, infelizmente.

Carol revelou estar sufocada e magoada com algumas gravações do Pânico na Band

Carol revelou que estava “sufocada e magoada” com algumas gravações. Disse que chegava a chorar por conta das humilhações que sofria. Ela ainda atribuiu a culpa às pessoas e não ao programa Pânico na Band ao qual era só elogios, especialmente a Alan Rapp, Emílio Surita e ao humorista Gui Santana, a quem fez uma menção honrosa especial.

A saída de Gui Santana também foi um motivador para a ex-Panicat pedir demissão

Ela ainda revelou que Gui Santana, que agora é o Zacarias em 'Os Trapalhões', era um grande apoiador de seu trabalho e com sua saída ela acabou perdendo espaço.

'Me tornei uma pessoa neurótica', revelou Carol

Ela disse ainda que por conta de tudo que passou acabou desenvolvendo uma crise de Síndrome do Pânico (sem trocadilhos) e a situação se complicou e acabou se tornando uma pessoa neurótica.

Não perca a nossa página no Facebook!