Hollywood está virando de ponta cabeça. Após vir à tona vários casos de assédios sexuais e pedofilias, um fato surpreendente tomou conta do noticiário no mundo.

A atriz Allison Mack, 35 anos, que fez sucesso na série "Smallville", interpretando Chloe Sullivan, a amiga de Clark Kent, está envolvida em sérias acusações. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, ela está sendo acusada de ser uma das líderes de um culto sexual que visa extorquir, espancar, torturar e tatuar a pele das pessoas que se tornam membras do grupo.

O responsável pela denúncia contra Mack é um antigo participante do grupo, Frank Parlato.

Ele fez fortes declarações, dizendo que ela é uma das cabeças dessa seita e participava ativamente de tudo.

Espancamento

Conforme informações de Parlato, a atriz recruta jovens garotas para serem membros do grupo. As regras do culto são parecidas com um esquema de pirâmide. Quem não conseguir atender os requisitos e nem cumprir as metas estabelecidas, é espancado com uma pá nas nádegas e depois tatuado.

O nome designado para a irmandade é DOS e mostra bem a diferença de mestres e escravos. A atriz tem um papel na irmandade de ser uma recrutadora de garotas para poderosos de Hollywood. As punições físicas seriam determinadas e exigidas por ela. A polícia dos Estados Unidos está investigando o caso.

Charlie Sheen

O ator Charlie Sheen também está sendo alvo de uma grande polêmica.

Ele é acusado de ter estuprado o ator Corey Haim durante filmagens de um filme em que participavam, em 1986. Foi o ator Dominick Brascia quem revelou o caso de pedofilia, já que o garoto tinha 13 anos na época.

Segundo Brascia, quem falou com ele sobre isso foi o próprio Haim, que, inclusive, já faleceu. Haim afirmou que ele e Sheen fumaram maconha e fizeram sexo.

Após acontecer tudo isso, Sheen teria começado a tratar com rejeição o garoto. Quando Corey Haim foi atrás do ator, ele já não queria mais nada.

O ator famoso revelou ser mentira as palavras ditas por Brascia e disse que jamais abusou do garoto. Outro fato contado por Dominick Brascia é que os dois atores voltaram a ter relações mais tarde. Corey já estava com 20 anos.

"Haim me disse que transou com Sheen novamente”, afirmou. O rapaz teria alegado que não gostou e desabafou dizendo que Charlie era um perdedor.

Charlie Sheen hoje tem 52 anos e pode mesmo ter abusado de Corey, já que um amigo do garoto chegou a confidenciar que ficou sabendo que havia ocorrido abusos nas filmagens do filme "A Inocência do Primeiro Amor".

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!