A Rede Globo não gostou das últimas entrevistas dadas por alguns ex-funcionários da casa e decidiu tomar uma atitude séria contra eles. Os artistas Pedro Cardoso, Carolina Ferraz e Maitê Proença estão punidos e não serão mais cogitados a nenhum trabalho dentro da emissora. Podemos dizer que eles não aparecerão mais no canal.

A raiva dos diretores da Globo vem das últimas entrevistas deles, criticando duramente o antigo local de trabalho. Pedro Cardoso, que esteve por mais de 30 anos da Emissora, tem demonstrado uma revolta muito grande e em todos os lugares que vai "ataca" a Globo.

Numa entrevista em 2015, chamou a TV de "acovardada e conservadora".

Ele disse que o Brasil mudou muito, mas a Globo está igual ao Brasil do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. As pessoas vão começar a abandonar a emissora, porque ela mantém algo do passado na sua grade e não moderniza as coisas.

Pedro Cardoso também afirmou que ele nunca foi valorizado no canal. Mesmo tendo sucesso no papel de "Agostinho Carrara" do programa "A Grande Família", Pedro ressaltou que foi desprezado pelos diretores.

No programa do Gugu, na Rede Record, o ator criticou uma das novelas da Globo, mesmo sem citar nome, ele se dirigia a "Verdades Secretas". Ele criticou o fato da Globo se preocupar em falar da prostituição, mas não como um assunto que deveria ser resolvido, mas como algo erótico para ganhar mais audiência.

Maitê Proença

A atriz também alfinetou diretores globais e contou "sujeiras" que acontecem nos bastidores das novelas. Em uma entrevista ao "Roda Viva", Maitê Proença revelou que foi assediada nos camarins por pessoas importantes do canal. Ela comentou que sempre se manteve firme em não ceder nada e, por isso, foi banida de vários trabalhos. De acordo com ela, tem pessoas que vivem perseguindo e tentando prejudicar artistas porque recebem uma negação de algo que eles desejam.

Um fato lembrado pela atriz foi quando um diretor pediu para ela jogar uma garrafa na parede. Depois ele mandou a gravação para a cúpula da emissora dizendo que a atriz estava louca e não poderia trabalhar com ela. Segundo a artista, o diretor era homossexual e só fez isso porque estava a fim de seu namorado.

Carolina Ferraz

A atriz Carolina Ferraz também se revoltou ao ser dispensada e entrou com um processo milionário contra a Globo.

Ela foi a única a não "atacar" a emissora nas entrevistas, mas mesmo assim procurou os seus direitos.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!