A última série lançada pela Netflix, “Dark” [VIDEO], um horror de ficção científica, alemã, que começa com uma criança desaparecida na pequena e chata cidade de Winden (Alemanha) e termina com uma lembrança total de intervalos interligados, é muito boa. Mas também muito complexa. Na tentativa de colocar a cabeça do público no lugar, o DigitalSpy tentou explicar da forma mais prática possível tudo que houve no último episódio da série.

Atenção: a partir deste momento a matéria contém diversos spoilers a respeito do season finale de Dark [VIDEO].

Para recapitular

A série começa em 2019 com Michael Kahnwald, pai de Jonas, marido de Hannah, suicidando-se, e deixando uma nota dizendo 'não abrir até 4 de novembro às 10:13 pm'.

Em 4 de novembro, é descoberto que um garoto de cabelos ruivos chamado Erik Obendorf está desaparecido por duas semanas e o caso é atribuído ao policial Ulrich Nielsen - o caso é muito pessoal para ele porque seu irmão adolescente desapareceu em Winden, 33 anos atrás e nunca foi encontrado.

No dia 4, o filho de Ulrich, Mikkel, desaparece no bosque perto das cavernas, e no dia seguinte, uma criança morta aparece na floresta com roupas da década de 80 e um colar com a inscrição ‘1986' em volta do pescoço. Ele está carregando um Walkman e ele tem graves queimaduras ao redor de seus olhos e seus tímpanos estão completamente estourados.

O adolescente Jonas estava com Mikkel na noite do seu desaparecimento e resolve tentar encontrá-lo.

Na manhã seguinte, Mikkel emerge da caverna na floresta onde ele sumiu.

Somente quando ele volta para a cidade, ele percebe que não está em 2019, mas na verdade em 1986.

Essa é a configuração básica do seriado focado em viagens no tempo entre três épocas: 1953, 1986 e 2019. Alem disso há um enfoque em quatro famílias: os Kahnwald, os Nielsens, os Dopplers e os Tiedmanns.

Aqui vai o que o DigitalSpy acha que está acontecendo.

Máquina do tempo

Isso se centraliza em torno de uma adega subterrânea onde Noah construiu uma máquina que abre buracos de minhoca de 33 em 33 anos.

As crianças desaparecidas estão sendo usadas para testar a máquina do tempo, que atualmente não funciona corretamente e apenas as mata e despeja de volta na adega em outra época. Ao mesmo tempo, abre um buraco de minhoca nas cavernas para que Helge possa atravessar, encontrar os corpos e afastá-los da caverna para serem encontrados. O garoto encontrado no episódio um, é Mads, irmão de Ulrich, que desapareceu como adolescente em 1986 e aparece em 2019.

O Estranho

Foi descoberto que o estranho é de fato Jonas Kahnwald em sua fase adulta.

Ele se torna um viajante no tempo que quer destruir o ciclo de tempo em que estão presos e planeja fazer isso com a ajuda de uma máquina criada pelo relojoeiro e perito em viagens, Tannhaus. Noah afirma que é a tentativa de Jonas de fechar o ciclo que realmente o criou em primeiro lugar.

Noah/Hanno Tauber

Noah é um padre, assassino, viajando no tempo, e ele está em guerra com Claudia para controlar os acontecimentos da viagem no tempo.

No final da temporada, as origens de Noah ainda não são claras, embora haja pistas. Enquanto a maioria dos outros personagens que se conhece em diferentes idades, Noah sempre encontra-se com a mesma idade e aparência. O fato de ser um sacerdote é uma enorme vantagem, uma vez que sua roupa não o amarra a uma era em particular.

Há uma implicação de que Noah poderia ser o marido afastado de Agnes Nielsen e pai de Tronte - Tronte tem queimaduras de cigarro em seus braços que parecem ter sido infligidas por seu pai. Sua mãe, Agnes, diz que estava casada com um padre.

Em 1953, o fazendeiro que teve 33 de suas ovelhas mortas em um dia também diz: "Há um novo sacerdote na igreja". Agnes e Tronte são novos na cidade (e alugam um quarto da mãe de Helge).

Claudia

Claudia é uma experiente viajante de tempo. Em 1986, Claudia é a presidente da usina nuclear que está no centro de Winden. Ela descobriu que houve um vazamento radioativo durante o verão. Os barris de resíduos nucleares são armazenados nas cavernas - esses produtos químicos são roubados pelo Jonas adulto e alimentam o dispositivo fabricado por Tannhaus que ele usa para destruir / criar o ciclo de tempo.

O cão de Claudia, Gretchen, desaparece em 1953 através das cavernas e volta novamente em 1986, onde Claudia a encontra. Claudia está ciente da viagem no tempo. Não se sabe se Claudia é boa ou má, até o momento.

É Claudia quem dá os planos do dispositivo a Tannhaus e convence Jonas adulto a conserta-lo para que ele possa destruir o loop temporal. Noah diz que ela mentiu para o viajante Jonas - mas não é como se ele fosse terrivelmente confiável de qualquer maneira. Há a sensação de que os dois lados que os fãs podem seguir na segunda temporada são Helge e Noah versus Jonas (viajante) e Claudia.