Desde que o vírus do HIV foi descoberto em 1973, nos Estados Unidos, uma epidemia tomou conta de todo o mundo. Inicialmente, o contágio entre pessoas portadoras do vírus foi apontado como um grupo de homossexuais. A imagem do LGBT sempre foi atrelada ao vírus do HIV, desde a sua descoberta, e nos primeiros anos, o contágio era muito maior em homossexuais do que em heterossexuais.

Publicidade
Publicidade

Durante anos, a Organização Mundial da Saúde classificava os homossexuais como um grupo de risco para o contágio do HIV. Assim como o preconceito perdurou durante anos, a imagem do homossexual sempre foi manchada como sendo portador do HIV, e essa era uma forma de muitos homofóbicos praticarem bullying contra LGBT’s. Não demorou muito para que o vírus ‘desembarcasse’ no Brasil e até mesmo os Famosos sofreram com o HIV.

Cazuza morreu após contrair o vírus do HIV e o seu quadro evoluir drasticamente

O Brasil perdeu Celebridades incomparáveis desde que o HIV se tornou uma epidemia no país.

Miguel Falabella foi vítima de boatos que diziam que ele teria Aids. (Foto Reprodução).
Miguel Falabella foi vítima de boatos que diziam que ele teria Aids. (Foto Reprodução).

Reproduzindo o contexto norte-americano, a comunidade LGBT sofreu com o preconceito para com pessoas que convivem com o HIV. O cantor Cazuza, por exemplo, foi um ícone de luta e perda da vida para o vírus, que desencadeia em Aids e faz com que o sistema imunológico do paciente sofra perdas irreparáveis. Mas além do inesquecível Cazuza, outros famosos tiveram o seus nomes envolvidos em polêmicas notícias que falavam que eles tinham o vírus do HIV, como aconteceu com Miguel Falabella.

Publicidade

Imprensa publicava notícias atacando homossexuais e acusando celebridades de possuírem o vírus

O ataque da imprensa e da sociedade tinham como alvos, os homossexuais, e até mesmo aqueles que não tinham o vírus do HIV acabavam sendo citados em manchetes e notícias falsas, e foi assim que Miguel Falabella sofreu durante muitos anos. O diretor e ator foi citado diversas vezes como sendo soropositivo, mas na verdade o ator nunca teve HIV e Aids. Durante muito tempo, Falabella foi alvo de notícias falsas que atrelavam seu nome à doença, e recentemente o famoso falou sobre toda essa perseguição que ele sofreu na mídia.

Outros famosos também foram atacados e Falabella contou como se sentiu ao ser rejeitado

Assim como Miguel Falabella, o cantor Ney Matagrosso também foi acusado por várias notícias de que ele tinha o vírus do HIV. O cantor namorou durante alguns meses com o cantor Cazuza, e por isso muitos apontavam para o famoso. Outra famosa que foi alvo de notícias falsas sobre o vírus foi a atriz Cláudia Raia.

Falabella contou que sofreu muito preconceito pelas notícias falsas, e contou que as pessoas tinham até medo de tocar nele durante algum tempo.

Publicidade

O ator disse que alguns se afastavam do local depois que ele chegava, evitando o famoso. Miguel contou que teve um episódio que o deixou desestabilizado, depois que ele entrou em uma loja e todas as pessoas saíram do local.

Leia tudo