De acordo com a matéria do jornal do SBT Brasil, da emissora SBT/Alterosa, o cantor sertanejo Eduardo Costa, que tem 38 anos de idade, está sendo investigado pela polícia por suspeita de estelionato. O motivo seria em decorrência de uma negociação imobiliária, ou seja, o cantor fez uma negociação de uma mansão que estava irregular para venda.

Ainda segundo apurado pelo SBT Brasil, no documento firmado em 2015 Eduardo adquiriu uma casa na região da Pampulha, que fica situada em Belo Horizonte, na região de Minas Gerais. O imóvel custou em torno de R$ 9 milhões. O músico pagou cerca de 2 milhões de reais em dinheiro pela casa.

O restante teria sido pago com bens de luxo do sertanejo, como um barco, um carro de luxo e uma outra mansão do cantor.

O imóvel do cantor que foi incluído no pagamento da mansão fica situado no sul de Minas Gerais, às margens do lago de Furnas, na cidade de Capitólio. O problema todo é que a mansão foi avaliada em R$ 6 milhões, e vem sendo questionada pelo Ministério Público Federal. O imóvel está sendo investigado desde 2013. Ainda mais, parte da casa teria sido construída em área proibida, ou seja, parte do terreno seria pertencente à União.

Ano passado, a justiça decidiu que parte do imóvel do cantor sertanejo deveria ser entregue a Furnas Centrais Elétricas S/A. A decisão da justiça também incluiu a demolição da parte irregular do imóvel. Os quartos da casa, que ficam localizadas no térreo da mansão, e uma piscina que fica no segundo andar da casa, estavam inclusas na demolição.

Parte da mansão foi construída em área de preservação.

Segundo o boletim [VIDEO]de ocorrência, Eduardo Costa cometeu estelionato ao esconder essas informações dos novos donos da mansão. A família que negociou o imóvel se encontra na região e processam o cantor. O casal está pedindo na justiça a anulação do contrato. Também querem uma indenização no valor de R$ 10 mil por danos morais. Os novos donos da mansão disseram que estão se sentindo enganados e querem justiça.

Segundo a assessoria de Eduardo Costa [VIDEO], as acusações são falsas e os fatos ainda não foram apurados. Por causa da agenda lotada de shows, a polícia ainda não conseguiu contatar o cantor sertanejo. As pessoas próximas a Eduardo já foram avisadas, e o sertanejo será notificado nos próximos dias.

O cantor Eduardo Costa ainda não se manifestou sobre o assunto, isso porque sua agenda está lotada de shows. O sertanejo tem muitos fãs e faz shows pelo Brasil todo, mas deverá se apresentar a uma delegacia para apresentação dos fatos logo após trégua da agenda.