Muitos Famosos possuem posições questionáveis em relação [VIDEO] a temas que ainda são considerados tabus para a sociedade. A opinião de pessoas influentes pode acabar propagando uma mensagem completamente errada para pessoas que lhe admiram.

Alguns passam a observar de forma mais cuidadosa a ótica do ídolo, enquanto outros deixam de gostar de uma vez do trabalho produzido por aquele artista. Normalmente, as pessoas que chegam ao estrelato tendem a não fazerem comentários muito negativos em relação a questões sensíveis.

Normalmente, se abstém para evitar serem mal interpretados, ou até perderem admiradores que ainda ajudam a pagar o seu salário.

Porém, tem gente que não se importa nem um pouco com a opinião alheia e começa a fazer comentários politicamente incorretos, como é dito normalmente pelos que cometem falácias pouco populares e até preconceituosas.

Desta vez, quem deu o ar da desgraça no hall dos comentários machistas e desnecessários foi o recentemente famoso DJ Khaled. O artista, que é famoso por “Wild Toughts ft. Rihanna”, música que é uma espécie de remake do sucesso “Maria Maria”, de Carlos Santana, abriu o jogo sobre relações sexuais, fazendo um comentário pouco popular e, inclusive, pouco ético por parte de um artista.

Em entrevista ao programa “The Breakfast Club” da rádio Power 105.1, de Nova York, em 2014, que ganhou repercussão nessa sexta-feira (4) nas redes sociais. Ele afirmou que uma Mulher deve agradar seu homem, a quem intitula como “rei”.

Segundo DJ Khaled, fazer sua parte é agradar a mulher com elogios e a “bancando”, comprando roupas e outras coisas.

Perguntado sobre sexo oral, ele respondeu que não faz isso, “nunca”. Segundo o DJ, ele não acharia bom que uma mulher [VIDEO] recusasse a dar este tipo de prazer a ele, mas ele não faz isso por elas, pois “as regras são diferentes”.

Em outra parte, Khaled volta a intitular os homens como “reis”, que tem coisas que são direito dele não querer fazer, praticamente dizendo que não é obrigado a fazer nada. O artista é norte-americano, nasceu na cidade de Nova Orleans, no estado da Louisiana.

Ele começou a carreira como artista em 1998 e de lá para cá atuou como apresentador de rádio e também como DJ. O primeiro disco do artista saiu em 2006. Desde então, ele tem trabalhado com pessoas do alto escalão da fama nos Estados Unidos, como a já citada Rihanna, o queridinho Justin Bieber, Beyoncé, Nicki Minaj e também o rapper Jay-Z.

Mesmo com todos estes comentários sobre a “realeza masculina”, DJ Khaled tem a sua carreira gerida por sua mulher, Nicole Tuck, com quem está casado há 11 anos.