Bruna Drews, ex-repórter do programa Brasil Urgente, da Band, acusou José Luiz Datena de assédio sexual. Na denúncia feita ao Ministério Público de São Paulo, a jornalista afirma que o apresentador disse que ela não precisava emagrecer, porque já estava muito "gostosa".

Datena nega as acusações registradas e em uma entrevista à jornalista Keila Jimenez afirma que tudo não passa de calúnia. Datena também disse que sempre teve costume de elogiar a moça ao vivo no programa que apresenta. Ainda disse que não elogiava apenas ela em especial, mas também outros, tanto mulheres quanto homens.

Publicidade

Declarou que sempre exaltou beleza e competência ao vivo.

O apresentador explicou que a repórter em questão vinha solicitando alguns afastamentos há um bom tempo, por motivações psicológicas, problemas na família, no trabalho e pessoais. Disse que apoiou, assim como apoiava todos os outros profissionais com quem trabalhava e trabalhou. Datena disse que Bruna Drews chegou até a agradecer pessoalmente pelo apoio nas raras vezes que se encontram fora do ar.

Ele ainda continuou dizendo que certa vez, durante seu programa, questionou por que a repórter estava mais magra e ela disse que estava com problemas, porém iria buscar ajuda médica.

Luiz Datena contou também de um episódio que ela desmaiou ao vivo e ele pediu para que fosse atendida e voltasse outro dia, quando estivesse melhor. Depois da situação, o apresentador conversou com ela e disse que era bonita e muito competente e que não tinha necessidade de emagrecer para trabalhar na Televisão. Ele disse que fez os elogios porque estava preocupado com a saúde da colega de trabalho.

Datena vai processar repórter que o acusou de assédio

Voltando para a Acusação, Datena afirma que é mentira e em respeito ao seu casamento de 41 anos, seus 5 filhos e 6 netos, teve que tomar providências jurídicas contra a profissional.

Publicidade

Declarou na entrevista que esperava que essa também resolvesse os problemas psicológicos que vinha enfrentando há muito tempo e anteriores as acusações.

O apresentador da Band concluiu dizendo que têm muitos defeitos, mas assédio não estava dentre eles e que sua carreira sempre esteve pautada na defesa da mulher diariamente no programa que faz. Do outro lado, a ex-repórter continua com as acusações iniciais e compartilhou em suas redes sociais que estava fazendo aquilo em defesa de todas as mulheres que são obrigadas a passar por assédio sexual todos os dias.