A Globo surpreendeu a todos nesta terça-feira (8) e anunciou que vai retirar do ar o programa "Vídeo Show". A atração será exibida pela última vez na próxima sexta-feira. Foram 35 anos no ar, desde 1983, e diversos apresentadores e repórteres passaram pelo programa que cobria os bastidores da Globo.

Na última leva de contratações do programa, feita em agosto, entrou o repórter Maurício Meirelles. O humorista foi chamado junto com Márvio Lúcio, o Carioca, e o youtuber Matheus Mazzafera. O objetivo era alavancar a audiência do "Vídeo Show".

Publicidade

O programa vinha sofrendo com a baixa audiência nos últimos meses.

Exibido a partir das 14h, o "Vídeo Show" batia de frente com o quadro "A Hora da Venenosa", dentro do programa "Balanço Geral", da RecordTV, e vinha perdendo com frequência. As mudanças não causaram efeito e as derrotas continuaram rotineiras. Por isso, a Globo decidiu retirar o programa do ar.

Maurício Meirelles comentou sobre o fim da atração nas redes sociais e não perdeu o bom humor. Em uma das postagens ele brinca dizendo que avisou que o seu objetivo é manter apenas o Superpop no ar.

Ele diz isso porque os três últimos programas em que participou saíram do ar.

Ele surgiu para a TV como repórter do "CQC", exibido pela Band. Pouco depois, o programa saiu do ar. Ainda na Band, ele atuou no "Pânico", que também deixou de ser exibido. Agora, na Globo, Meirelles acompanhou de perto o fim do "Vídeo Show".

O humorista brincou citando os três programas que acabaram e disse que quem estiver fazendo uma festa de casamento pode chamá-lo. Meirelles foi bastante zoado nos comentários de suas postagens.

Publicidade

O amigo e humorista Jacaré Banguela o chamou de "Thanos da TV brasileira", em referência ao vilão dos filmes da Marvel.

Um internauta pediu que Meirelles faça um bico no "Encontro com Fátima Bernardes". Outros seguidores pediram a ele que participe da próxima edição do "Big Brother Brasil".

Diante de todas as piadas que fizeram com Maurício Meirelles, o humorista brincou sobre o seu futuro. “Galera, vou trabalhar no governo Bolsonaro”, afirmou, arrancando risos seus seguidores no Twitter.

Sem programa

O fim do “Vídeo Show” deixa Maurício Meirelles, Márvio Lúcio e Matheus Mazzafera sem programa na Globo.

Além deles, os apresentadores Joaquim Lopes e Sophia Abrahão, Miguel Falabela e as repórteres Mônica Salgado e Marcela Monteiro também estão sem função na emissora atualmente.