O apresentador e jornalista Datena se emocionou ao noticiar a morte de Ricardo Boechat, morto nesta segunda-feira (11), após o helicóptero em que estava cair na rodoviária Anhanguera, em São Paulo.

O apresentador ficou visivelmente emocionado durante o "Brasil Urgente" e iniciou a notícia afirmando que a morte do profissional é um momento muito triste para o Grupo Bandeirantes. Na sequência, Datena falou sobre a importância de Ricardo para o jornalismo da emissora e também do país.

Segundo ele, Boechat era um dos maiores jornalistas do país e se destacava pela sua coragem e também pela sua forma de combater a corrupção, além das injustiças.

Publicidade

Datena disse ainda que ele era uma das grandes referências do jornalismo brasileiro e bastante abalado questionou se esse era um fim digno para o profissional. "É um dos piores momentos de minha vida", afirmou.

Boechat era muito amado na emissora

O apresentador confessou que o jornalista era muito querido na emissora. Falar sobre a sua morte estava sendo algo muito difícil segundo Datena, e esse era um dos piores momentos de sua vida. Por fim, o apresentador prestou seus sentimentos à família diante desse momento triste da TV Brasileira.

O helicóptero em que Ricardo Boechat estava era uma aeronave fabricada no ano de 1975. Ao cair, a aeronave também bateu em um caminhão que estava transitando pelo local e segundo informações da CCR Rodoanel Oeste, o motorista que estava dirigindo o veículo foi retirado do local e depois encaminhado para o hospital. Ainda não foram divulgadas notícias sobre o seu estado de saúde.

De acordo com informações passadas por Datena, o jornalista estava retornando à São Paulo após uma palestra realizada em Campinas.

Publicidade

O piloto da aeronave també morreu na queda.

Boechat era um dos grandes nomes do jornalismo e já trabalhou no jornal O Globo, O Dia, Jornal do Brasil e também Estado de S. Paulo.

Perda de paciência durante programa

Durante um programa da Band News FM exibido na semana passada, Ricardo acabou perdendo a paciência com sua equipe após dar uma notícia sobre o incêndio ocorrido no CT do Flamengo.

O erro neste caso foi que a pauta não foi entregue de maneira adequada para o jornalista que falou sobre uma notícia que ainda não deveria ir ao ar na O fato aborreceu Ricardo e o profissional discutiu com alguns membros da equipe do programa.

Em certo momento, o microfone foi cortado e o jornalista continuou a fazer gestos para a equipe demonstrando irritação.