O ano de 2019 nem bem começou e muitas são as tragédias que aconteceram no Brasil tirando a vida de muitas pessoas. Vale lembrar que um grande desastre aconteceu na cidade de Brumadinho (MG), no dia 25/01, onde uma barragem da mineradora Vale se rompeu tirando a vida de mais de 160 pessoas, sendo que quase 170 ainda continuam desaparecidas.

Outro desastre que chamou a atenção do Brasil inteiro foi o incêndio que atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (8), tirando a vida de 10 jovens que estavam dormindo no local.

Publicidade

Tudo começou quando um ar-condicionado pegou fogo e rapidamente as labaredas se alastraram para todos os dormitórios dos adolescentes, que tinham entre 14 e 15 anos.

Falece jornalista Ricardo Boechat

No dia de hoje, mais um acidente trágico chamou a atenção da mídia em geral. Um helicóptero bateu em um caminhão debaixo de um viaduto do Rodoanel, na zona oeste de São Paulo. O acidente ocorreu por volta do meio-dia desta segunda-feira e a princípio surgiu a informação que haviam falecido duas pessoas, que seriam o piloto e o co-piloto da aeronave, mas pouco depois foi passada a informação de que uma das vítimas seria o jornalista Ricardo Boechat.

As primeiras informações dão conta de que o jornalista teria saído de Campinas na aeronave e iria pousar no heliponto da Band ou algum local próximo.

A esposa o aguardava para almoçar em casa. Por algum problema, que será investigado pelos órgãos responsáveis, parece que o piloto tentou fazer um pouso de emergência na rodovia, quando veio a chocar de frente com o caminhão. Muito pouco sobrou da aeronave, visto que a mesma pegou fogo após o forte impacto sofrido. O motorista atingido na avenida foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas passa bem. Ele foi encaminhado à delegacia para dar seu depoimento e quem sabe ajudar a decifrar o que aconteceu para que essa tragédia acontecesse.

Publicidade

Ricardo Boechat tinha 66 anos e trabalhava no Grupo Bandeirantes, onde apresentava dois programas ao dia: um matinal na rádio BandNews FM, trazendo as notícias do dia, e durante a noite apresentava o Jornal da Band, no canal da TV Bandeirantes. Além disso, o jornalista possuía uma coluna na revista Istoé, onde escrevia semanalmente. O motorista atingido na avenida foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas passa bem. O jornalista Ricardo deixa esposa e duas filhas, de 10 e 11 anos.