Cinco meses após a morte de Beatriz Segall, que ficou muito conhecida após interpretar o papel de Odete Roitman, na novela "Vale Tudo", da Rede Globo, o portal R7 traz a informação de que a atriz deixou, através de seu testamento, um carro novo e uma boa quantia em dinheiro para seu motorista, Adilson Ricardo Leite. A quantia que será recebida pelo funcionário deverá ser estipulada pelos três filhos da artista.

Segundo o R7, que afirma ter tido acesso ao documento, a atriz relata durante o testamento detalhes sobre o carro 0 km que deve ser entregue ao funcionário. Segundo detalhes, o carro deve conter vidros e travas elétricas, direção hidráulica, quatro portas, entre outros.

Segundo relatos de João Segall, neto da atriz, o motorista Adilson Ricardo Leite trabalhou com Beatriz por mais de 15 anos. Adilson foi contratado como motorista, mas ao longo dos anos virou um grande amigo e "fiel escudeiro" da atriz, e, durante os últimos anos, cuidava também de todas as questões burocráticas de Beatriz Segall.

Além de seu funcionário, também teriam sido citados no testamento nome de dois amigos da diva da Televisão brasileira, Andres dos Santos Junior e José Paulo Ficks. Para seus amigos, segundo o R7, Beatriz Segall reservou um quadro da autoria de seu sogro, Lasar Segall, “Caipiras na Neblina”.

Para os filhos, Sergio de Toledo Segall, Mario Lasar Segall e Paulo de Toledo Segall, a atriz deixou metade de todos os bens que adquiriu durante a vida.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Saúde

Certidão de óbito da atriz desmente morte por problemas respiratórios

A atriz Beatriz Segall morreu em setembro do ano passado, aos 92 anos, e teve sua morte noticiada como vítima de problemas respiratórios. Recentemente, no entanto, a colunista Fabíola Reipert, da Record TV, teve acesso à certidão de óbito da atriz, onde consta outra causa para a morte. Segundo informações da jornalista, Beatriz não morreu por insuficiência respiratória, já que na certidão de óbito da atriz consta morte por doença de Alzheimer de início tardio (DIAT).

Filho relata morte da mãe

O filho da atriz, Sérgio Segall, relatou como aconteceu à morte de sua mãe e, segundo ele, Beatriz já estava com a Saúde bastante debilitada quando partiu.

Mas para Sérgio o mais importante é que a mãe partiu sem dor ou sofrimento, já que no momento a atriz estava dormindo. Ainda segundo Sérgio, durante a partida de sua mãe toda a família estava reunida em sua volta, o que para ele foi um final feliz, já que era desejo da atriz ter a família toda reunida neste momento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo