Anúncio
Anúncio

A notícia de que Ricardo Boechat havia falecido após acidente de helicóptero em São Paulo causou comoção na classe jornalistica. Cid Moreira, veterano profissional do ramo, usou suas redes sociais para lamentar a tragédia, e visivelmente emocionado falou sobre o ocorrido e do contato que tinha com o amigo de profissão.

'Adeus Boechat', escreveu Cid Moreira

Famoso por sua história profissional no jornalismo, Cid Moreira divulgou um vídeo em seu Instagram, nesta segunda-feira (11), onde apareceu falando sobre o falecimento de Ricardo Boechat. O ex-âncora do Jornal Nacional precisou pausar sua fala em vários momentos da gravação devido à emoção que insistia em vir à tona. Notoriamente sentido com a tragédia, Cid relembrou as ocasiões em que encontrava Boechat, pelo menos uma vez ao ano, e falou a respeito da falta que seu trabalho faria ao jornalismo brasileiro.

Anúncio

"Ah, esse profissional que dá inveja aos outros profissionais tal a capacidade dele tanto no rádio como na TV. Eu tive o privilégio de encontrar com ele, pelo menos uma vez ao ano", lamentou Cid Moreira, ao mencionar o Prêmio Comunique-se, evento que jornalista são indicados a premiações.

Mesmo sem um contato frequente com Boechat, Cid Moreira fez questão de enaltecer o legado deixado pelo jornalista. "Uma perda lamentável para o bom jornalismo! Adeus Boechat, trabalhador incansável! Brasileiro sempre indignado com as mazelas.. vai fazer muita falta....", escreveu na legenda de sua publicação.

O acidente que vitimou Ricardo Boechat

Segundo informações dadas pela Band, emissora em que Ricardo Bechat comandava um telejornal, o jornalista deixava o interior de São Paulo, onde teria sido convidado para uma palestra, quando em seu retorno acabou sofrendo o grave acidente que lhe tirou a vida.

Anúncio

O helicóptero que era ocupado apenas por Boechat e o piloto acabou caindo na rodovia Anhanguera, zona oeste de São Paulo, onde acabou explodindo ao se chocar de frente com um caminhão. A morte do jornalista foi confirmada pela Band e outros veículos de comunicação na tarde desta segunda-feira.

Além de Ricardo Boechat, o piloto da aeronave também acabou sendo vítima fatal do acidente. Motorista que dirigia o caminhão quando teve o veículo atingido pelo helicóptero sofreu ferimentos mas conseguiu sair com vida em meio à tragédia.

Aos 66 anos de idade, Boechat deixa seu nome registrado na história do jornalismo no Brasil após passar pelo maiores jornais do país, emissoras de TV e receber diversas premiações pelo seu profissionalismo.

Anúncio